A Igreja de Longos Vales fazia parte do Mosteiro de São João, tendo sido fundado na segunda metade do século XII por D. Afonso Henriques que lhe concedeu muitas rendas e privilégios.

História

Igreja de Longos Vales
Igreja de Longos Vales
Convento de Longos Vales

A Igreja de Longos Vales atualmente é a Igreja Matriz da povoação. Com efeito este templo fazia parte do Mosteiro de São João, tendo sido fundado na segunda metade do século XII por D. Afonso Henriques que lhe concedeu muitas rendas e privilégios.

O Cardeal D. Henrique (depois Rei) fez com que o Mosteiro, dependências e rendas fossem dadas à Companhia de Jesus, por bula do Papa Júlio II, em 1551. Os Jesuítas reformaram completamente o Mosteiro e da primitiva construção medieval apenas resta a capela-mor.

Descrição

Igreja de Longos Vales
Igreja de Longos Vales
Igreja de Longos Vales

A igreja, de planta longitudinal, composta por uma única nave seiscentista e capela-mor de três tramos, o último semicircular, românica da 1º fase do foco do Alto Minho. Interiormente são cobertas com teto de madeira e abóbada de berço e quarto de esfera, respectivamente, com torre sineira e sacristia adossada à fachada lateral esquerda.

A fachada principal terminada em empena e rasgada por portal de verga reta, moldurado, encimado por frontão triangular, sobrepujado por rosácea circular.

Classificação

Este templo está classificado como Monumento Nacional desde 1926.

Localização

Coordenadas GPS: N 42 03.066' W 008 26.690'  (42.05110, -8.44483)

Temas / Tags

Longos Vales, publicado em por