Casa do Terreiro

Situada na parte mais alta da vila, a Casa do Terreiro rodeia, com a Igreja Matriz e a do Espírito Santo, a beleza do Jardim dos Centenários, com uma vista para o rio Vez e para a encosta da Giela com o monte Gião. Considerado um solar, teve a sua edificação na segunda metade do século XVIII a mando da Família Pereira de Vilhena.

 
Casa do Terreiro

Objeto de muitas alterações, conforme foi passando de mãos, o edifício manteve as caraterísticas de uma casa setecentista, que vão de encontro de forma exemplar à arquitetura barroca do norte do país.

Sofrendo de uma caraterística da época como na maior parte das casas brasonadas, esta tem um desenvolvimento num sentido horizontal de planta retangular.

Descrição

 
Casa do Terreiro

Casa de dois pisos, apresenta uma fachada com uma abertura simétrica e ritmada dos vãos, com as pilastras definindo os três corpos.

Todas as aberturas apresentam molduras retas, com o piso térreo e no pano central a ser constituído pela porta principal ladeada por três janelas, e nos panos laterais por uma porta cada. Todas estas aberturas estão sobrepujadas de um entablamento que liga a um friso em todo o alçado. A este ligam-se as aberturas das janelas de sacada em guarda de ferro, no piso superior.

Atualmente o solar foi recuperado pela Câmara Municipal, depois desta nos anos noventa a ter comprado, aproveitando o espaço para a cultura ao albergar a casa das Artes e a Biblioteca Municipal.

Classificação

Também possui o título de Imóvel de Interesse Público.

Localização

Coordenadas GPS: N 41 50.843' W 008 25.053'  (41.84738, -8.41755)

Temas / Tags

Arcos de Valdevez, publicado em por