Vale da Amoreira

Vale da Amoreira, freguesia da Praia do Ribatejo, concelho de Vila Nova da Barquinha, é uma aldeia, junto ao Rio Zêzere, no termo do concelho de Vila Nova da Barquinha com o concelho de Tomar entre a aldeia de Vale de Martinchel e a aldeia de Figueiras. É uma aldeia recente , com menos trezentos anos - a mesma idade da aldeia de Vale de Martinchel - só a aldeia das Figueiras é muito mais antiga. Estas aldeias estão hoje pouco  povoadas - uma dezena de famílias em cada uma, à excepção das Figueiras que terá o dobro. Esta aldeias viviam, em tempos, da agricultura, da pastorícia, da pesca e da silvicultura e das muitas fábricas, de madeira, e de papel que existiam nas zonas limítrofes, e que hoje já não existem.  Hoje as pessoas  vivem de reformas, os mais velhos, de pequenos negócios os mais bem situadas na viada , e de empregos nas cidades e vilas mais próximas  como - Tomar, Abrantres, Entroncamentto, Torres Novas, Vila Nova da Barquinha, Constância, e un número apreciável de pessoas ocupam-se em funções junto dos muitos estabelecimentos militares instalados nesta zona.         

 Do ponto de vista histórico-cultural pouco há para mostrar: algguns moinhos-de-água no rio Zêzere que deixaram de funcionar a quando da inauguração da Barragem do Castelo do Bode que fica perto, a montante; os restos de uns quantos "caneiros reais", estruturas construídas  pelos primeiros reis de Portugal e por eles alugadas aos pescadores para a captura de peixe  de que o rio Zêzere era rico, (hoje , e depois  da barragem do Castelo do Bode essa riqueza ficou muito diminuída); e finalmentte,  e com algum interesse, encontramos aqui no Vale da Amoreira uma "Conheira", um local utilizado  pelos romanos para extrair ouro- estruturas muito comuns no vale Zêzere, rico em ouro, onde ainda há pouco tempo se fazia a exploração desse mineral, por exemplo em Vila de Rei,alguns quilómetros a norte.

Relacionado com os "Caneiros"  existem umas quantas aldeolas dentra da aldeia das Limeiras, a maior aqui da zona, com os nomes  dos tais  caneiros - Caneiro de Cima, Caneiro do Meio e Caneiro de Baixo locais onde provávelmente viviam os pescadores que tinha à sua  responsabilidade os ditos "Caneiros Reais".   

Por: Manuel da Costa Alves-Vale da Amoreira
Coordenadas GPS: N 39 30.740' W 008 21.124'  (39.51233, -8.35207)
Vale da Amoreira, publicado em por