Chafariz das Figueiras
Merlões
Chafariz das Figueiras
Arcos
Chafariz das Figueiras
Tanque

É a fonte mais emblemática não só de Santarém como de Portugal. Situa-se na Calçada das Figueiras, ponto estratégico para a cidade medieval, uma vez que se encontrava no perímetro muralhado, mantendo ligações privilegiadas com as zonas ribeirinhas. Também elemento raro de abastecimento de água à população da Idade Média, que se manteve até agora, esta maravilhosa arquitetura civil gótica.

Fonte das Figueiras
Envolvente

Seguindo os modelos de outras fontes no território nacional pertencentes à Baixa Idade Média, como o Chafariz dos Canos em Torres Vedras, apresenta uma planta quadrangular delimitada por cunhais que sustentam um alpendre ameado.

 
Fonte das Figueiras
Arcos

Tem três arcos quebrados abertos, nos três lados, sendo o principal de maior amplitude. Estão assentes em colunas com capitéis vegetalistas cobertas por abóbadas de nervura, coroadas por merlões pontiagudos que lhe conferem um aspeto acastelado. A bica saída do muro verte a água para um pequeno tanque onde era necessário mergulhar o recipiente para recolher a água.

 
Fonte das Figueiras
Pedras de armas

Outro elemento raro nesta fonte é a existência de duas pedras de armas nos alçados mais importantes desta, orientadas a sul e poente, considerando-se que se ficou a dever a sua construção ao município e ao Rei D. Dinis ou até provavelmente a D. Afonso IV.

Este foi o facto mais elementar na conservação desta fonte, uma vez protegidos de qualquer obra, conseguindo por isso uma longevidade. Assim se manteve desde a sua edificação entre os séculos XIII e XIV.

Este magnífica fonte gótica entrou para a lista de 1910 como sendo Monumento Nacional.

Coordenadas GPS: N 39 14.272' W 008 40.967'  (39.23787, -8.68278)

(Fotos de cima de Pedro Castro, as restantes de Fernando Dias)

Temas / Tags

Santarém, publicado em por