Igreja Matriz de Glória do Ribatejo
A Igreja Matriz de Glória do Ribatejo, dedicada a Nossa Senhora da Glória, e foi mandada construir, segundo a tradição, por D. Pedro I por se salvar ao ser atacado durante uma caçada.
Igreja de Glória do Ribatejo
Igreja de Glória do Ribatejo

D. Pedro I, rei português do século XIV, andava um dia a caçar nesta região. Tendo caído, sentiu um felino a aproximar-se para o atacar. Em desespero, pediu então a proteção de Nossa Senhora da Glória, ao que aconteceu o milagre e o rei se salvou sendo o felino afugentado.

Graças a este milagre e como forma de gratidão, o rei mandou construir esta igreja dedicada a Nossa Senhora da Glória.

Esta é história que Fernão Lopes conta sobre a construção da Igreja Matriz desta localidade do concelho de Salvaterra de Magos.

Modificações

Frente da Igreja
Frente da Igreja

A igreja teve várias modificações ao longo dos tempos, mas manteve alguns elementos de origem como uma lápide com a data de construção e o escudo de armas de D. Pedro I. Resta ainda também uma escultura representando o felino que atacou o rei.

 
Brasão de D. Pedro I
Brasão de D. Pedro I
Lápide
Lápide da
construção
Placa da Rainha
Obras por D. Maria I

Após a destruição resultante do terramoto de 1755 teve algumas alterações e novamente mais tarde, no reinado de D. Maria I, no século XVIII, em 1783, de acordo com a lápide que vemos na fachada.

Exterior da Igreja

A fachada da igreja é simples, vendo-se unicamente a porta principal em verga reta encimada por uma janela retangular, parcialmente no tímpano. Este é sobreposto por uma cruz.

Torre Sineira

Igreja e Torre Sineira
Igreja e Torre Sineira
Placa da Torre Sineira
Placa da Torre Sineira
 

A Torre Sineira, com uma proporcionalidade em relação à igreja fora do normal, apresenta dois sinos nas faces oeste e sul, mas com as aberturas em arco nos quatro lados. A torre finaliza em pirâmide com pináculos também piramidais nos quatro cantos. Na frente existe ainda um relógio sobreposto à janela sineira.

Na torre podemos ver uma placa que atesta a sua construção: "Esta torre e este relógio devem-se à generosidade deste povo e Junta de Freguesia. Foram inaugurados em 8-9-1963 por sua Exª. o Sr. Presidente da Câmara".

Veja outros pontos de interesse
nesta localidade Glória do Ribatejo
ou neste concelho Salvaterra de Magos
Outras localidades deste concelho Salvaterra de Magos

Localização

Largo de D. Pedro I
Largo de D. Pedro I
Largo de D. Pedro I

A Igreja de Glória do Ribatejo está situada no Largo D. Pedro I, ao centro da vila, onde também está o coreto. Este largo é o ponto principal de encontro de todos os populares, onde também existem lojas, um café e um jardim. Neste, existe uma homenagem ao escritor António Alves Redol que escreveu, em 1938, o estudo "Glória: Uma Aldeia do Ribatejo".

Coordenadas GPS: N 39 02.555' W 008 38.404'  (39.04258, -8.64007)

Referências

Temas / Tags

Glória do Ribatejo, publicado em por