Santo Tirso, uma terra que remonta à pré-história, é-nos trazida até aos tempos de hoje através dos seus mosteiros masculinos e femininos,traduzidos essencialmente nas suas doçarias e licores.

Santo Tirso, uma terra que remonta à pré-história, é-nos trazida até agora através dos seus mosteiros masculinos e femininos, traduzidos essencialmente nas suas doçarias e licores, e igualmente nos seus vinhos.

Origem da Cidade

Vista Geral de Santo Tirso
Vista Geral de Santo Tirso
Vista Geral de Santo Tirso

Santo Tirso, uma terra que remonta à pré-história, é-nos trazida até agora através dos seus mosteiros masculinos e femininos, traduzidos essencialmente nas suas doçarias e licores, e igualmente nos seus vinhos.

Santo Tirso foi também o verdadeiro berço da indústria têxtil em Portugal.

Muito cedo Santo Tirso se tornou num local com uma grande densidade populacional desde que, em 978, foi constituído couto em que a sede era o Mosteiro de Santo Tirso.

Origem do Nome

Tem no seu nome a derivação evolutiva através das mudanças das gentes e séculos de Turiaco (Turiacus em latim), um Deus do poder da mitologia celta adorado pelos gróvios (povo pré-romano de origem desconhecida na região entre o Minho e o Douro).

Desenvolvimento

Assim, e segundo reza a história da cidade, a fixação dos templos religiosos e mais tarde a indústria têxtil contribuíram não só para a região como para o verdadeiro desenvolvimento da localidade que atualmente é constituída por uma população cerca de setenta e cinco mil habitantes. Em 1998 a cidade viu a sua população a decrescer devido ao desmembramento deste concelho para a formação de um outro, o da Trofa, retirando-lhes por isso perto de trinta mil habitantes.

Santo Tirso, publicado em por