A construção desta igreja corresponde aos séculos XVII e XVIII, tendo sido construída sobre a antiga igreja com o nome de São João de Belmonte, do século XVI.

História

Igreja de São João Novo
Fachada frontal

Por motivos de união e separação das sedes de paróquia, a Igreja de São João Novo acabou por ser entregue aos Frades Agostinhos Eremitas Calçados que, de seguida, iniciaram a edificação do convento e a reforma do templo.

Depois do término do convento estes frades acharam que a igreja anterior era pouco apropriada para as novas funções conventuais, sendo por isso construída uma nova, e demolindo a antiga.

Esta nova construção corresponde por isso aos séculos XVII e XVIII, tendo sido construída sobre a antiga com o nome de São João de Belmonte, pertencente ao século XVI.

Descrição

A fachada revela influências da Igreja dos Grilos, pela composição desta e pelo seu interior. Formada em três partes, temos a primeira com a abertura do portal, em verga reta com frontão triangular, flanqueado por duas colunas dóricas que suportam o frontão.

Na parte central as cinco janelas, destacando-se a central pela águia bifronte (alusiva a Santo Agostinho). A terceira e última parte corresponde às elevações das torres com três frontões, sendo o central o mais elevado e rematado por uma cruz.

No seu interior consiste em elementos de talha dourada aplicados em estruturas, e também na Capela de Santa Rita de Cássia. Com a extinção das ordens religiosas em 1834, o convento recebeu até agora o Tribunal Criminal e Correcional do Porto.

Localização

A Igreja de São João Novo situa-se no largo e na rua com o mesmo nome, a poucas dezenas de metros da Rua da Nova Alfândega e da margem do rio Douro.

Coordenadas GPS: N 41 08.532' W 008 37.059'  (41.14220, -8.61765)

Temas / Tags

Miragaia, publicado em por