Igreja de São Tomé
Fachada da Igreja
Recinto da Igreja de São Tomé
Recinto da Igreja

Com várias escolhas como Igreja de Bitarães, Igreja Paroquial de Bitarães ou Igreja de São Tomé de Bitarães, estes são os nomes atribuídos à igreja do século XVIII, de invocação precisamente a São Tomé.

Contudo este templo religioso ergue-se sobre um outro da época medieval da primeira metade do século XIII que, segundo a tradição, teria sido erguido a mando de D. Mafalda, neta de D. Afonso Henriques.

Está situado numa pequena alameda ladeada por tílias e é antecedido por um singelo cruzeiro de adro. A sua fachada corresponde ao típico do período barroco.

Descrição

Igreja de São Tomé
Lados norte e leste
Igreja de São Tomé
Lado oeste

A fachada de frontão circular é ladeada por duas torres sineiras. É formada por um portal de moldura reta encimado por um frontão circular interrompido e rematado por um grupo escultórico.

Sobre o portal abre-se um janelão central que permite a entrada de luz para o seu interior. Abrem-se ainda dois pequenos óculos circulares, um de cada lado do janelão. O frontão circular é ladeado por dois pináculos e encimado por uma grande cruz central.

As sineiras são em arco pleno e coroadas por volutas. Toda a fachada é forrada a azulejos.

Igreja de São Tomé
Interior da Igreja

O interior é formada por uma nave e capela-mor retangulares, estando separadas por um arco triunfal de volta perfeita. Os tetos são forrados em madeira em forma de caixotões, nos quais a pintura se evidencia, sendo explícitas cenas bíblicas e imagens dos Apóstolos e Santos. A nave conserva alguns retábulos de talha dourada e algumas telas. A capela-mor é constituída igualmente por um altar de talha dourada.

Classificação

O templo está, desde 1982, classificado como Imóvel de Interesse Público.

Localização

Coordenadas GPS: N 41 13.465' W 008 19.305'  (41.22442, -8.32175)

Temas / Tags

Bitarães, publicado em por