A Ermida ou Capela de Santo António dos Olivais é uma capela renascentista do século XVI composta por nave e capela-mor.

Descrição

Ermida de Santo António dos Olivais

A capela-mor tem cobertura de abóbada de aresta com decoração vegetalista com anjos e querubins renascentistas e azulejos azuis e amarelos.

É coberta por telhados de três águas respetivamente sobre a nave, capela-mor e sacristia situada a norte. A fachada principal, a oeste, é rasgada por um portal de moldura retilínea em mármore. O remate em empena triangular é encimado por uma cruz.

No interior destaca-se a pia de água benta em mármore, situada na parede da Epístola, e o púlpito na parede do Evangelho com uma escada em alvenaria.

O arco triunfal que separa a nave da capela-mor é abatido assente sobre pilares.

O retábulo-mor contém um nicho central igualmente forrado de azulejos idênticos aos das paredes.

(Foto inserida com autorização de Flora Cardoso)

Classificação

Esta capela está classificada como Monumento de Interesse Público, desde 2013.

Localização

Coordenadas GPS: N 39 12.428' W 007 40.203'  (39.20713, -7.67005)

Referências

Temas / Tags

Alter do Chão, publicado em por