Igreja de Santa Maria do Castelo
Fachada oeste
Igreja de Santa Maria do Castelo
Lado leste
Igreja de Santa Maria do Castelo
Porta lateral sul
Igreja de Santa Maria do Castelo
Porta
lateral norte

Com a existência de outra igreja, esta é conhecida como a Antiga Igreja Matriz da Lourinhã, havendo divergências quanto à sua cronologia.

Uma das versões indica uma construção trecentista, no entanto a versão com mais consistência relata-nos ao tempo D. João I, tendo este doado a localidade a D. Lourenço Vicente, Arcebispo de Braga e natural da Lourinhã. Por este facto, crê-se que o templo tenha sido edificado entre 1384 e 1397, anos correspondentes entre a doação e a morte de D. Lourenço.

E como não há duas sem três, uma terceira versão, ainda que escassamente explorada, refere que a edificação foi num período mais cedo, demorando mais tempo a finalizar.

Descrição

A arquitetura da Igreja de Santa Maria do Castelo foi considerada uma continuação do século anterior, seguindo as linhas do baixo-medieval. É composta de três naves, seccionada em quatro tramos por arcos formeiros apontados, antecedida por uma fachada formada por três panos em que o central é o mais elevado, com um portal axial saliente sobrepujado por rosácea.

A capela-mor é poligonal de dois tramos com o alçado a nascente organizado em cinco tramos reforçado pelas janelas de duplo leme quebrado.

Classificação

Está classificado como Monumento Nacional, desde o ano de 1922.

Localização

Coordenadas GPS: N 39 14.587' W 009 18.950'  (39.24312, -9.31583)

Temas / Tags

Lourinhã, publicado em por