Forte de Nossa Senhora dos Anjos de Paimogo
Forte de Nossa Senhora dos Anjos de Paimogo
Forte de Nossa Senhora dos Anjos de Paimogo

Situado junto da Praia de Paimogo, leva também como nome Forte de Nossa Senhora dos Anjos de Paimogo. À semelhança do mesmo tipo da costa norte de Portugal, foi edificado após a Restauração da Independência de Portugal, na proteção do território entre a costa de Peniche até a Serra de Sintra, dos espanhóis, corsários e piratas.

Forte de Nossa Senhora dos Anjos de Paimogo - interior
Forte de Nossa Senhora dos Anjos de Paimogo - interior
Forte de Nossa Senhora dos Anjos de Paimogo - interior

Foi o Conde de Cantanhede, mais tarde Marquês de Marialva, D. António Luís de Meneses, o grande impulsionador para a edificação do forte, ficando as obras terminadas em 1674.

Depois da Guerra Civil (1828-1834), e com a evolução dos meios bélicos, o forte perdeu a sua função defensiva, caindo ao abandono e restando agora apenas a sua deterioração.

Apresenta uma planta quadrangular reforçada nas extremidades por guaritas circulares cobertas por abóbada cónica.

Em 2004 a Câmara entrou em acordo com a Direção Geral do Património, na cedência do imóvel para futura utilização cultural da Rota dos Dinossauros, uma vez que este Imóvel está classificado como Interesse Público.

Coordenadas GPS: N 39 17.237' W 009 20.424'  (39.28728, -9.34040)

Temas / Tags

Lourinhã, publicado em por