Ig. do Mosteiro N Sra das Virtudes
Fachada frontal
Ig. do Mosteiro N Sra das Virtudes
Fachada lateral

Igreja do Mosteiro da Nossa Senhora das Virtudes da Ordem de São Francisco, mais um templo religioso ligado a uma lenda, e neste caso pertencente à Igreja de Nossa Senhora das Virtudes pelo aparecimento de uma imagem de Nossa Senhora a um guardador de vacas. Aconteceu no início do século XV, o qual deu origem a constantes romarias ao local, determinando a construção de um templo primitivo em madeira.

O local tornou-se numa verdadeira devoção crescente de tal modo que, no reinado de D. Duarte e a mando deste, se edificou em anexo um convento, seguindo-se um hospital e outras estruturas ligadas, para assim darem apoio não só à população como também aos peregrinos.

O lugar manteve-se nesta devoção até ao século XIX, começando o início da decadência com a perda da simbologia mariana que até então representava, com o século XX a ser catastrófico, chegando mesmo à ruína. A igreja foi recuperada e reconstruída em 2009 pela Câmara de Azambuja, havendo do convento apenas uma pequena parte de um muro.

Mantendo-se com uma planta quatrocentista, igualmente manteve com a recuperação do edifício elementos como a portal principal em arco quebrado de duas arquivoltas apoiadas sobre colunas com capitéis vegetalistas de recorte tardo-gótico. A porta lateral, num plano mais simples, assemelha-se unicamente no arco quebrado.

Localização

Coordenadas GPS: N 39 05.197' W 008 49.711'  (39.08662, -8.82852)

 

Temas / Tags

Virtudes, publicado em por