Pelourinho
Pelourinho

Com uma primeira menção à então localidade de Alcoentrinho (assim chamada devido à sua proximidade com Alcoentre) no século XIII, só mais tarde, no século XVIII, no reinado de D. Maria I, é atribuído o morgado e a jurisdição da população a Diogo Inácio de Pina Manique, autorizando também a mudança do topónimo para Manique do Intendente, a partir de então sede do concelho.

O pelourinho ergue-se no meio do grande projeto de Pina Manique, a conhecida Praça dos Imperadores.

Descrição

Sobre um soco de quatro degraus sextavados de arestas boleadas, tem uma base na forma de paralelepípedo alto, também de secção hexagonal, com as faces molduradas. A coluna de fuste liso é de secção circular, com o primeiro terço realçado por uma estreita moldura anelar.

Entre a coluna e o capitel estão os ferros de sujeição em cruz rematados em flôr-de-lis, conservando as argolas. O capitel é constituído por um troço bojudo entre molduras circulares, sobre o qual se dispõe o remate. Este é composto por uma plataforma poligonal moldurada e por um pináculo igualmente poligonal de faces estriadas na metade superior.

Classificação

Está classificado como Imóvel de Interesse Público.

Localização

Coordenadas GPS: N 39 13.239' W 008 53.474'  (39.22065, -8.89123)

Temas / Tags

Manique do Intendente, publicado em por