Convento de São Francisco
Convento
Convento de São Francisco
Convento
Convento S. Francisco - porta
Portal
Convento S. Francisco - porta
Portal

Sendo D. Sancha a dignitária de Alenquer através da doação de seu pai o rei D. Sancho I, e tendo outorgado o primeiro foral à vila em 1212, já neste ano se dava conta de um palácio real onde D. Sancha terá vivido até se retirar para o Mosteiro de Celas.

Depois do feito, o palácio foi convertido num convento e entregue à Ordem dos Frades Menores de São Francisco, que seria o primeiro da Ordem em Portugal.

Convento S. Francisco - claustros
Claustros
Convento S. Francisco - claustros
Claustros
Convento S. Francisco - claustros
Claustros
Convento S. Francisco - claustros
Claustros

As obras terminaram em 1222 podendo receber os frades, uma vez que estes já contavam com um cemitério em terrenos cedidos pela D. Sancha anos antes. Devido à simplicidade dos aposentos dos frades, o convento entrou em obras, desta feita com D. Catarina, Senhora de Alenquer, a finalizarem em 1317, embora sofresse novas obras de ampliação.

Aconteceu no início do século XVI, por iniciativa de D. Manuel, sendo obras de restauro dos claustros e da igreja e uma construção da porta para a Sala do Capítulo.

Convento S. Francisco - claustros
Claustros
Convento S. Francisco - porta
Portal

Ainda no século XVI e nos posteriores este conjunto conventual continuou a sofrer intervenções até ser atingido profundamente com o sismo de 1755. Caiu em ruínas parte do cenóbio e a igreja, mas esta foi reconstruída de imediato.

Convento S. Francisco - porta
Portal

A porta da Sala do Capítulo está voltada para os claustros, é uma típica porta manuelina em arco de volta perfeita, profundamente decorado. É este elemento do Convento de São Francisco que está classificado como Monumento Nacional desde o ano de 1910.

Coordenadas GPS: N 39 03.207' W 009 00.722'  (39.05345, -9.01203)

Temas / Tags

Alenquer, publicado em por