Pelourinho de Pena Verde
Um pelourinho simples constituído por um fuste de secção octogonal terminado numa pirâmide também octogonal. A coluna assenta sobre três degraus, sendo o primeiro também octogonal e os restantes formados por pedras irregulares a formar um círculo.

Pena Verde foi concelho desde que recebeu a carta de foral de D. Sancho II em 1240 confirmada por D. Dinis em 1278 e ainda foral novo de D. Manuel I em 1514. Em 1836 foi integrado no concelho de Trancoso e em 1840 passou finalmente para o concelho de Aguiar da Beira.

Um pelourinho simples, possivelmente erguido no século XV, é constituído por um fuste com a parte inferior em secção quadrada com os ângulos superiores chanfrados e a parte superior de secção octogonal terminado numa pirâmide também octogonal de topo truncado.

Existe um orifício no cimo, onde certamente estava afixado o espigão da grimpa, e outro numa das faces, onde estaria um ferro de sujeição. A meio da coluna existiu um anel de ferro, onde se afixavam os cartazes e editais.

A coluna assenta sobre a base e dois degraus, sendo a base também octogonal, o primeiro degrau formado por pedras irregulares a formar um círculo e o segundo idêntico e quase embutido no pavimento.

Classificação

O pelourinho está classificado como Imóvel de Interesse Público desde 1933.

Veja outros pontos de interesse
nesta localidade Pena Verde
ou neste concelho Aguiar da Beira
Outras localidades deste concelho Aguiar da Beira

Localização

Coordenadas GPS: N 40 43.685' W 007 30.326'  (40.72808, -7.50543)

Temas / Tags

Pena Verde, publicado em por