Pelourinho de Carapito
Pelourinho

Já existindo a paróquia de Santa Maria de Carapito em 1258, conforme as inquirições de D. Afonso III, esta já tinha no entanto privilégios idênticos aos de um concelho, embora ainda sem foral. O foral novo e a consequente elevação a concelho foi atribuído por D. Manuel I em 1514. O concelho foi extinto em 1836 e integrado como freguesia em Aguiar da Beira.

O pelourinho, erguido pela criação do concelho, é um fuste de secção octogonal assente em cinco degraus octogonais, formando o de cima a base do fuste e o da base embutido no pavimento. É rematado por uma gaiola de grande dimensão formada por dois troncos piramidais, com o de cima assente sobre colunelos e estes sobre o de baixo, invertido.

Foral de Carapito
Foral de Carapito

O pelourinho está situado no Largo do Pelourinho, perto da Junta de Freguesia e da Igreja Matriz, e tendo ainda uma fonte como companhia, no largo. Junto da fonte existe uma escultura que representa o foral de D. Manuel I atribuído a Carapito.

Classificação

Este pelourinho está classificado como Imóvel de Interesse Público desde 1933.

Localização

Coordenadas GPS: N 40 45.826' W 007 27.833'  (40.76377, -7.46388)

Temas / Tags

Carapito, publicado em por