Memorial a Duarte Pacheco
O Engenheiro Duarte Pacheco nasceu em Loulé em 19 de abril de 1900, sendo conhecido pelas grandes obras efetuadas no nosso país. Faleceu neste local em 1943 devido a um acidente.
Temas / Tags

Aluno no Instituto Superior Técnico no curso de Engenharia Eletrotécnica, curso que concluiu com uma classificação elevada, foi convidado para diretor do Instituto.

Memorial a Duarte Pacheco

É de sua autoria a construção dos edifícios do Instituto e foi convidado para Ministro das Obras Públicas entre 1932 e 1936. Foi presidente da Câmara Municipal de Lisboa desde 1938.

Foi autor de diversos projetos, entre eles os Bairros Sociais de Alvalade, Encarnação, Madredeus e Caselas, em Lisboa, a Avenida de Roma, a marginal Lisboa-Cascais, a auto-estrada Lisboa-Vila Franca de Xira, o Estádio Nacional, a Fonte Luminosa, a estação marítima de Alcântara, o Parque de Monsanto. Contribuiu para a construção do aeroporto de Lisboa. Teve o seu nome atribuído ao viaduto sobre o Vale de Alcântara, início da auto-estrada de Lisboa para o Estádio Nacional, recentemente prolongada até Cascais.

Em 1943, no regresso de Vila Viçosa para Lisboa, o carro oficial onde seguia despista-se, na N4 entre Montemor-o-Novo e Vendas Novas, tendo falecido como consequência deste acidente. Neste local foi erigido este memorial comemorativo.

Veja Também

Localização

Coordenadas GPS: N 38 39.342' W 008 23.237'  (38.65570, -8.38728)
Chaminé, publicado em por