Palácio Lavradio

 

O 1º Cardeal Patriarca de Lisboa adquiriu os terrenos onde hoje se situa este palácio, em 1745. Fez demolir a residência que ali se encontrava e no seu lugar construir o palácio.

Índice

História do Palácio

O 1º Cardeal Patriarca de Lisboa, D. Tomás de Almeida, adquiriu os terrenos onde hoje se situa este palácio, em 1745. Fez demolir a residência que ali se encontrava e no seu lugar construir o palácio.

Fez depois doação do palácio à família ao seu sobrinho, D. António de Almeida Soares Portugal de Alarcão Eça, que era o 1º Marquês do Lavradio, 4º Conde de Avintes e Vice-Rei do Brasil.

Em 1875 foi adquirido pelo Estado sendo então adaptado para o Tribunal Militar. Neste momento é ocupado pelo Supremo Tribunal Militar.

Estrutura

Com a forma de um trapézio, com o lado maior virado para nascente, é uma construção do barroco joanino. O edifício, em quatro lados, rodeia um jardim interior aproximadamente quadrado com pouco mais de 20 metros de lado.

Fachada

A fachada principal é em três corpos, separados e limitados por pilatras em cantaria, tendo ao centro o portal principal acedida por uma pequena escadaria.

O piso nobre é todo percorrido por janelas em arco abatido e com sacadas de ferro individuais com tímpano triangular, sendo no entanto as janelas centrais em ogiva e com uma sacada única sobre o portal principal.

O corpo central é rematado pelas armas reais num frontão triangular e sobre ele uma figura representando a Justiça.

Localização

Coordenadas GPS:
- DD.DDDDDº:     38.71615º  -9.12438º
- DDº MM.MMM':  N 38º 42.969'  W 009º 07.463'
- DDº MM' SS":    N 38º 42' 58.14"  W 009º 7' 27.78"

A Visitar

Temas / Tags

Palácios



São Vicente, , por:



Temas