Palácio de Pina Manique

Palácio de Pina ManiquePalácio de Pina ManiquePalácio de Pina Manique

O Palácio de Pina Manique começou a ser edificado no projeto que o Intendente Diogo Inácio de Pina Manique tinha para a vila numa tentativa de a tornar grandiosa, incluindo-a talvez na rota das grandes cidades. Entretanto, o seu afastamento do cargo de Intendente e, depois, a sua morte acabaram por impedir a concretização do projeto e consequentemente o palácio ficou inacabado, acabando por assim ficar até agora e caindo gradualmente na ruína.

Com o possível início das obras nos finais do séc. XVIII este majestoso palácio, que iria servir de residência, nunca teve uma data de finalização tal como nunca foi terminado, restando apenas a fachada. Situado no Largo de Pina Manique, este pressuposto palácio impõe-se a este largo com a sua monumental fachada que integra ao centro a capela, que viria a servir a população fazendo desta a Igreja Matriz de Manique do Intendente.

Nos corpos laterais, no piso superior todos os rasgos das janelas são em verga reta sobrepujada por frontão curvo ou semicircular correspondendo, no piso térreo, a vãos simétricos com uma configuração diferenciada, alguns dos quais com molduras rusticadas. Ambos os corpos laterais são rematados por balaustrada, interrompidas por socos coroadas por esculturas que ainda se conservam. O templo é antecedido por uma escadaria, com a fachada em três arcos de volta perfeita que suporta uma sacada em guarda de pedra, para a qual se rasgam três janelas de frontões triangulares. É rematado por um frontão semicircular,com um obelisco no topo.

Com uma classificação muito recente, está simplesmente como Imóvel de Interesse Público.

Coordenadas GPS:
- DD.DDDDDº:     39.22150º  -8.89360º
- DDº MM.MMM':  N 39º 13.290'  W 008º 53.616'
- DDº MM' SS":    N 39º 13' 17.40"  W 008º 53' 36.96"

Manique do Intendente, , por: