A Sé começou a ser edificada no século XII, sob o signo do românico, ainda no reinado de D. Afonso Henriques. Poucos são os elementos que sobrevivem daquela época, tais como um capitel vegetalista e a porta sul, que dá acesso aos claustros.

Origem

Sé Catedral
Sé Catedral

Depois de uma grande polémica sobre a edificação da Sé, crê-se que tenha existido um templo primitivo da época suevo-visigótica.

Depois de uma alargada escavação, surgem novos elementos que remontam ao tempo da reconquista, dois edifícios episcopais que terão existido durante o tempo em que Viseu foi capital do vasto território Mondego-Douro.

Construção

A Sé começou a ser edificada no século XII, sob o signo do românico, ainda no reinado de D. Afonso Henriques. Poucos são os elementos que sobrevivem daquela época, tais como um capitel vegetalista e a porta sul, que dá acesso aos claustros.

Começou dois séculos depois o desaparecimento do românico do edifício, quando a cidade atingiu o período áureo, em que a Sé sofreu profundamente com a renovação.

O gótico espelhado na Sé é pouco relevante, crendo-se que uma planta de três naves e três tramos associa-se mais à arquitectura beneditina, e pela monumentalidade da altura da catedral da robustez das paredes-muralhas, aproxima-se do românico.

Mas as grandes e finais renovações, quer a nível interno como externo, aconteceram no período manuelino, em que o bispo de então, D. Diogo de Ortiz e Vilhena, terminou as obras da Sé, decorria o ano de 1516. Após este término foram surgindo algumas e pequenas obras, em séculos diferentes, eliminando os estilos anteriores.

Classificação

Com estas todas evoluções que a Sé sofreu, tornou-se em 1910 como Monumento Nacional.

Localização

Coordenadas GPS: N 40 39.593' W 007 54.671'  (40.65988, -7.91118)
Viseu, publicado em por

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Os Mais Próximos

Estilo Gótico

Monumento Nacional

O Românico na Europa e em Portugal

Sé Catedral

Século XII

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Portinho da Arrábida, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Conventos e Mosteiros

Ermida ou capela isolada

Fontes


Alminhas
Sabuzedo, Montalegre

Chafariz D. João V
Alpedrinha, Fundão

Imóvel de Interesse Municipal

Nossa Senhora da Estrela

Parque de Merendas


Capela de Nossa Senhora das Neves
Avelãs de Cima, Anadia

Capela de S. Sebastião
Rabal, Bragança

Capela de Santa Eulália
Vila Meã, Bragança

Século XVIII

Torre Sineira


A nossa Igreja
Freches, Trancoso

Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar

Antiga Matriz de Alcoentre
Alcoentre, Azambuja

Torre de Menagem ou de Vigia

Recentes