Chafariz da Praça da República
Chafariz
Chafariz da Praça da República
Chafariz

Estávamos no século XVI, mais concretamente em 1553, quando o chafariz existente deixou de ter capacidade de satisfazer as necessidades da população. As autoridades máximas de então resolveram fazer um corregimento deste, contratando o homem que na altura marcava o seu traço nas fontes da altura expandindo-se pelas cidades e também na Galiza, o João Velho.

Contudo este chafariz, até estar terminado em 1559, passou por um processo muito complexo, sendo a principal causa as obras, uma vez que se teve de fazer a canalização. Entre outras dificuldades ocorreu a morte do Mestre e uma petição de peditório ao Rei. No fim ficou este ponto de fornecimento de água potável, uma das referências urbanas do burgo tanto na sua monumentalidade como na sua localização.

Situado no centro histórico de Viana, no centro da Praça da Rainha, o exemplar semelhante ao de Caminha ergue-se sobre uma escadaria de quatro degraus, com um tanque circular. No centro deste, imerso na água, assenta o pilar que suporta todo o resto da estrutura. Sobre este pilar está a bojuda coluna estriada e decorada com folhagens.

Surge um conjunto de três taças, que vão diminuindo de diâmetro à medida que são colocadas mais acima. A primeira taça é rematada por dois frisos a toda a sua volta, sendo o superior decorado com motivos denteados semelhantes aos do tanque. À volta desta existem seis carrancas que servem para escoar a água. A taça seguinte é semelhante à anterior, diferenciando pelas quatro cabeças aladas que também jorram água.

No centro desta assenta outra coluna rematada por quatro carrancas, representando monstros grotescos que vazam a água que escorre para a taça. É rematado por um coruchéu esculpido em relevo com águias e folhagens, incluindo o escudo de Portugal.

É Monumento Nacional desde 1910.

Coordenadas GPS: N 41 41.611' W 008 49.691'  (41.69352, -8.82818)

Temas / Tags

Viana do Castelo, publicado em por

 


Os Mais Próximos


Praça da República
Viana do Castelo
(0 m NE)

Misericórdia de Viana do Castelo
Viana do Castelo
(25 m N)

Antigos Paços do Concelho
Viana do Castelo
(37 m NE)

Casa dos Arcos
Viana do Castelo
(71 m E)

Museu do Traje
Viana do Castelo
(72 m SW)

Fontes


Fontanário
Justes, Vila Real

Fonte Romana
Atenor, Miranda do Douro

Fonte Luminosa
Areeiro, Lisboa

Fonte de Ouguela
Ouguela, Campo Maior

Monumento Nacional


Igreja de Santo Quintino
Santo Quintino, Sobral de Monte Agraço

Igreja de Santo António
Santa Maria Maior, Lisboa

Século XVI

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Portinho da Arrábida, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Igreja de S. Simão
Vila Fresca de Azeitão, Setúbal

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Estilo Barroco

Estilo Rococó

Imóvel de Interesse Municipal

Nossa Senhora da Penha de França

Percurso do Vale do Tâmega


Igreja Matriz de Jazente
Jazente, Amarante

Igreja de Mancelos
Mancelos, Amarante

Igreja de S. Nicolau
São Nicolau, Marco de Canaveses

Rota do Românico


Capela de Fandinhães
Paços de Gaiolo, Marco de Canaveses

Castelo de Arnóia
Arnóia, Celorico de Basto

Santuário


Ermida de Nossa Senhora de Ara-Celli
São Marcos da Ataboeira, Castro Verde

Santuário da Senhora da Orada
Pinheiro, Vieira do Minho

São Felipe de Néri

Século XV

Século XVIII