Dificilmente se pode individualizar as duas torres existentes pois elas fazem parte da cerca que rodeava a vila, com um pano de muralha ainda existente entre elas, que só é visto pelo interior, e confronta com a Biblioteca Municipal.

Descrição

Torre da Cadeia Velha
Torre da Cadeia Velha
Torre da Cadeia Velha
Torre da
Cadeia Velha

Duas torres e um pequeno troço de pano da muralha que resistiu ao tempo, são os únicos vestígios da existência de uma cerca da vila de Ponte de Lima.

Origem

Nunca é demais afirmar a importância que a vila teve desde a época romana, situando-se no cruzamento de caminhos que seguiam os pontos cardeais, transformando esta na capital do Alto Minho até ao século XV.

Torre de S. Paulo
Torre de São Paulo
Torre de S. Paulo
Torre de
São Paulo
Torre de S. Paulo
Ano da maior cheia

Perante esta situação, é a partir do século XIV que, segundo fontes seguras, é dada a edificação da cerca, contrariando assim qualquer hipótese de uma anterior muralha dado a inexistência documental.

Essencialmente a necessidade de uma cerca à localidade, seguindo o exemplo de muitas outras localidades do Reino, neste final da época medieval, não só servia para uma maior defesa como também determinou a aplicação de taxas aduaneiras como impostos sobre os bens em trânsito.

Pano da Muralha
Pano da Muralha

As torres de S. Paulo e da Cadeia são as únicas sobreviventes das nove que constituíam a cerca, tendo como ligação entre elas o único pano que resistiu ao tempo. Fazem parte de uma cerca com uma extensão de um quilómetro, num perímetro oval irregular.

Construção e Desaparecimento

Na tentativa de um melhor complexo defensivo, D. Manuel não só mandou proteger a ponte com ameias, como também mandou edificar a Torre da Cadeia, anexando a esta a Porta Nova e fazendo criar uma centralidade comercial na zona ribeirinha.

Nos séculos seguintes, até ao ano de 1857, a cerca e as restantes torres foram desaparecendo por diversas razões, tendo apenas restado a Torre da Cadeia, que desempenhou as suas funções até quase aos nossos dias, e a Torre de S. Paulo que defendia inicialmente a Rua do Postigo. Atualmente, se passar esta Porta Nova e virar à esquerda verá o único pano desta mesma cerca que liga as duas torres.

Classificação

Este conjunto da cerca está classificado como Imóvel de Interesse Público

Localização

Coordenadas GPS: N 41 46.040' W 008 35.107'  (41.76733, -8.58512)

Referências

Temas / Tags

Ponte de Lima, publicado em por

 


Os Mais Próximos

Imóvel de Interesse Público

Capela do Leão
Capela do Leão
Alpedrinha, Fundão
Ponte Romana de Ola
Ponte Romana de Ola
Bragado, Vila Pouca de Aguiar

Século XIV

Igreja Matriz de Freixeda do Torrão
Igreja Matriz de Freixeda do Torrão
Freixeda do Torrão, Figueira de Castelo Rodrigo
Fonte de Nossa Senhora da Conceição
Fonte de Nossa Senhora da Conceição
Atouguia da Baleia, Peniche
Igreja Matriz de Vale da Pinta
Igreja Matriz de Vale da Pinta
Vale da Pinta, Cartaxo

Torre de Menagem ou de Vigia

Os Mais Vistos

Lapa de Santa Margarida
Lapa de Santa Margarida
Azeitão, Setúbal
Igreja de S. Simão
Igreja de S. Simão
Azeitão, Setúbal
Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho
Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Claustro

Museus e Galerias de Exposição

Pontes Romanas

Ponte Romana
Ponte Romana
Idanha-a-Velha, Idanha-a-Nova
Ponte Romana de Vide
Ponte Romana
Vide, Seia
Ponte romana de Aldeia da Ponte
Ponte Romana
Aldeia da Ponte, Sabugal
Ponte romana de Vermiosa
Ponte Romana
Vermiosa, Figueira de Castelo Rodrigo

Santa Ana

Capela de Santa Ana
Capela de Santa Ana
Tourém, Montalegre
Capela de Santa Ana
Capela de Santa Ana
Safara, Moura
Capela de Santa Ana
Capela de Santa Ana
São Martinho de Mouros, Resende

São Francisco de Assis


São Pedro

Século X

Castelo de Arnoia
Castelo de Arnóia
Arnóia, Celorico de Basto
Castelo de Faria
Castelo de Faria
Pereira, Barcelos

Século XII

Século XV