O Pelourinho, datado de 1560, chegou a ser desmantelado em 1860, mas foi reconstruído e remontado no seu local original diante do antigo edifício da Casa da Câmara.

História

Pelourinho

O Pelourinho vem com o foral que os Monarcas dão às populações, e este não foge à regra. O seu primeiro foral foi dado por D. Afonso III em 1271, que a elevava a vila designada como Leboreiro.

Foi comenda da Ordem de Cristo e pertenceu à casa de Bragança. Em 1513 recebeu novamente um segundo foral dado pelo Monarca D. Manuel.

Em 1855 aconteceu a extinção do concelho, passando assim a pertencer a Melgaço do qual é atual freguesia, conservando assim o pelourinho datado de 1560. O Pelourinho chegou a ser desmantelado em 1860, mas foi reconstruído e remontado no seu local original diante do antigo edifício da Casa da Câmara.

Descrição

Levanta-se sobre uma plataforma de três degraus quadrangulares de aresta, de pedra aparelhada, não originais.

A coluna assenta em base tronco-piramidal lisa, de topo truncado, com estrias horizontais marcadas numa das faces, supostamente destinadas a medição das meadas de linho. O fuste têm secção octogonal com uma inscrição junto do topo onde se pode ler a data de 1560.

Não existe propriamente capitel, mas sim um ábaco ou tabuleiro saliente, grosso e quadrangular, encimado pelo remate.

Classificação

Está classificado como Imóvel de Interesse Público.

Localização

Coordenadas GPS: N 42 01.808' W 008 09.504'  (42.03013, -8.15840)

Temas / Tags

Castro Laboreiro, publicado em por

 


Os Mais Próximos

Igreja de Santa Maria da Visitação
Igreja de Santa Maria da Visitação
Castro Laboreiro, Melgaço
(24 m N)
Tanque Comunitário
Tanque Comunitário de Castro Laboreiro
Castro Laboreiro, Melgaço
(106 m S)
Ponte Velha de Castro Laboreiro
Ponte Velha
Castro Laboreiro, Melgaço
(182 m E)
Castelo de Castro Laboreiro
Castelo de Castro Laboreiro
Castro Laboreiro, Melgaço
(482 m S)
Ponte de Cava da Velha
Ponte de Cava da Velha
Castro Laboreiro, Melgaço
(3 km S)

Imóvel de Interesse Público

Pelourinhos

Pelourinho de Trofa do Vouga
Pelourinho de Trofa do Vouga
Trofa do Vouga, Águeda

Pelourinho de Louredo
Louredo, Paredes
Pelourinho de Segura
Pelourinho de Segura
Segura, Idanha-a-Nova

Século XVI

Igreja Matriz de Paio Mendes
Igreja Matriz de Paio Mendes
Paio Mendes, Ferreira do Zêzere
Pelourinho de Pinheiro da Bemposta
Pelourinho de Pinheiro da Bemposta
Pinheiro da Bemposta, Oliveira de Azeméis
Pelourinho de Alfarela de Jales
Pelourinho de Alfarela de Jales
Alfarela de Jales, Vila Pouca de Aguiar

Os Mais Vistos

Lapa de Santa Margarida
Lapa de Santa Margarida
Azeitão, Setúbal
Igreja de S. Simão
Igreja de S. Simão
Azeitão, Setúbal
Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho
Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Estilo Gótico

Igreja Matriz


A Igreja Matriz, a Albergaria
Arrifana, Vila Nova de Poiares
Antiga Igreja Matriz
Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar
Capela da Senhora da Soledade
Capela da Senhora da Soledade
Olhão da Restauração, Olhão
Capela de Nossa Senhora da Saúde de Fetais
Capela de Nossa Senhora da Saúde de Fetais
Santo Quintino, Sobral de Monte Agraço

Percurso do Vale do Tâmega

Igreja Matriz de Jazente
Igreja Matriz de Jazente
Jazente, Amarante
Igreja de Mancelos
Igreja de Mancelos
Mancelos, Amarante

Igreja de S. Nicolau
São Nicolau, Marco de Canaveses

São Julião

Capela de São Julião
Capela de São Julião
Ponte, Vila Verde

Capela de São Julião
Branca, Albergaria-a-Velha
Igreja Matriz de Monte do Trigo
Igreja Matriz de Monte do Trigo
Monte do Trigo, Portel

São Tomé

Alminhas do Caminho da Costa
Alminhas do Caminho da Costa
Vila Nova de Foz Côa

Capela de São Tomé, Forcada
Aguada de Cima, Águeda
Igreja Matriz da Correlhã
Igreja Matriz da Correlhã
Correlhã, Ponte de Lima

Igreja Matriz de Abambres
Abambres, Mirandela

Século X

Castelo de Arnoia
Castelo de Arnóia
Arnóia, Celorico de Basto
Castelo de Faria
Castelo de Faria
Pereira, Barcelos

Século XIX

Torre do Relógio