Igreja e Convento de Santa Iria
Igreja e Convento
Igreja e Convento de Santa Iria
Igreja
Igreja e Convento de Santa Iria
Rio Nabão

Situado no centro histórico de Tomar, junto ao Rio Nabão, o Convento e Igreja de Santa Iria começou por ser uma casa de recolhimento quando, em 1467, a viúva D. Mécia Queiroz mandou construir uma casa e a respetiva capela onde se recolheu com as suas filhas. Em 1526 uma das filhas da fundadora pediu para ser regido pela observância de Santa Clara.

Igreja e Convento de Santa Iria
Porta principal
Igreja e Convento de Santa Iria
Janela

Dez anos mais tarde, sob a régia e expensas de Pedro Moniz da Silva, a casa de recolhimento veio a ser reconstruída e ampliada para uma magnífica obra renascentista influenciada pelo modelo da chamada escola da Renascença Coimbrã.

O templo religioso, de planta retangular, é formado por nave e capela-mor, sacristia e capelas adossadas, disposta longitudinalmente. É rasgada pelo portal em arco de volta perfeita, decorado com relevos de motivos de grotesco e medalhões no extradorso e ladeada por uma janela de moldura semelhante.

O convento foi separado do templo, depois da extinção das Ordens Religiosas, ao ser vendido e passar por diferentes proprietários que utilizaram a estrutura para diversos fins. Atualmente a dependência conventual está a ser objeto de estudo para ser transformada numa pousada histórica.

Em 1946 foi classificada como Imóvel de Interesse Público.

Coordenadas GPS: N 39 36.274' W 008 24.630'  (39.60457, -8.41050)
Tomar, publicado em por

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Recentes