Convento de S. Francisco
Convento de S. Francisco
Convento e Igreja
Convento de S. Francisco
Lateral direita

Do Convento de São Francisco subsiste somente a igreja e os claustros. Situado na Rua 31 de Janeiro, zona privilegiada da cidade, desde do século XIII, foi edificada sob uma tipologia austera que caraterizou a construção mendicante da época na Europa. Nota-se a severidade dos volumes e a preponderância das linhas horizontais e retas, a falta de decoração e de elementos decorativos vegetalistas nos capitéis, influências da arquitetura cistercence para o modelo franciscano e dominicano.

 
Convento de S. Francisco - interior
Interior da igreja

Com a extinção das Ordens Religiosas em 1834, este conjunto conventual entrou nos piores dias da sua existência, com o convento a ser transformado em aquartelamento militar, a igreja passou a ser um depósito de palha, o claustro serviu de cavalariça, o coro-alto de refeitório e, finalmente, os túmulos serviram para bebedouros de cavalos. Para agravar a situação de decadência, no decorrer do século XX foi destruído por um incêndio.

A tipologia mendicante de linha horizontal e reta é formada por três naves, sendo as laterais mais baixas, com cinco arcos quebrados de cada lado a preencher os tramos, sobre delicadas colunas capitalizadas. Possui cinco capelas absidais com abóbadas nervuradas e um coro-alto que é definido por arquivoltas que nascem de fustes curtos.

 
Convento de S. Francisco - claustro
Convento de S. Francisco - claustro
Jardim dos Claustros
Convento de S. Francisco - claustro
Convento de S. Francisco - claustro
Correderes dos Claustros
 
Convento de S. Francisco - porta
Convento de S. Francisco - porta
Portas dos Claustros

O claustro de planta quadrada é formado por arcos quebrados assentes em colunelos geminados com capitéis decorados com motivos vegetalistas e uma cobertura abobadada. O claustro tem vestígios quatrocentistas e quinhentistas expressos nos portais manuelinos.

 
Convento de S. Francisco
Porta principal

A fachada apresenta um portal gótico com quatro arquivoltas rasgadas de dentes de serra e arcos em ferradura, bem como capitéis lavrados. A rosácea original, completamente perdida, foi recuperada já no século XXI.

A diferenciar dos outros, a igreja e os claustros entraram em 1917 para os Monumentos Nacionais.

Coordenadas GPS: N 39 14.340' W 008 41.073'  (39.23900, -8.68455)

Temas / Tags

Santarém, publicado em por

 


Os Mais Próximos


Coreto de Santarém
Santarém
(129 m SW)

Fonte das Figueiras
Santarém
(198 m SE)

Igreja de Santa Clara
Santarém
(198 m E)

Mercado Municipal
Santarém
(209 m SW)

Claustro

Conventos e Mosteiros


Igreja de São Domingos
Santa Maria Maior, Lisboa

Igreja de Chelas
Marvila, Lisboa

Mosteiro de São Salvador
Travanca, Amarante

Igreja da Boa Hora
Ajuda, Lisboa

Estilo Gótico


Pelourinho de Azinhoso
Azinhoso, Mogadouro

Palácio d'el-Rei
Serra d'El-Rei, Peniche

Torre dos Alcoforados
Lordelo, Paredes

Estilo Manuelino


Monumento Nacional

São Francisco de Assis

Século XIII

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Portinho da Arrábida, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Igreja de S. Simão
Vila Fresca de Azeitão, Setúbal

Fontes


Alminhas
Sabuzedo, Montalegre

Casa da Água
Cabo Espichel, Sesimbra

Chafariz D. João V
Alpedrinha, Fundão

Igreja e Hospital da Misericórdia

Imóvel de Interesse Municipal

Outras Figuras

Pelourinhos


Pelourinho
Castelo Bom, Almeida

Pelourinho
Castelo Mendo, Almeida

Pelourinho da Aldeia Galega
Aldeia Galega da Merceana, Alenquer

São Martinho


Século XVIII

Termas e hotelaria


Balneário Termal
Caldas da Rainha

Edifício das Termas
Caldas da Rainha

Hospital Termal
Caldas da Rainha

Hotel Palace
Monte Real, Leiria