O Mosteiro de S. Bento, Mosteiro de Santo Tirso ou, como é mais conhecido, Igreja Matriz de Santo Tirso, foi fundado em 978 conforme o documento publicado por D. António Caetano de Sousa

Fundação do Mosteiro

Mosteiro de S. Bento ou Igreja Matriz
Mosteiro e Igreja
Jardim dos Claustros do Mosteiro
Jardim dos Claustros
Claustros do Mosteiro de S. Bento ou Igreja Matriz
Claustros

O Mosteiro de S. Bento, Mosteiro de Santo Tirso ou, como é mais conhecido, Igreja Matriz de Santo Tirso, foi fundado em 978, conforme o documento publicado por D. António Caetano de Sousa, por Dª. Unisco Godiniz e pelo seu marido Abunazar Lovesendes.

Ocasiões Importantes

O couto do mosteiro foi instituído e doado em 1097 por D. Afonso Henriques e Dª. Teresa a Soeiro Mendes da Maia. Este depois doou ao Abade do Mosteiro, D. Gaudemiro. Tornou-o assim num dos mais poderosos do País, recebendo inclusive bulas de protecção dos Papas Inocêncio III e Honório III.

Tamanha façanha, o Mosteiro recebeu a visita de D. João I em duas ocasiões: a primeira em 1385, a segunda em 1409.

A Igreja Matriz

Igreja matriz - interior
Interior da Igreja

A atual Igreja Matriz foi construída em 1659-79. A fachada possuí três nichos, em que o do centro pertence ao de Santo Tirso e está ladeado por S. Bento e Sta. Escolástica.

Em 1834 houve a expropriação das terras às ordens religiosas e, após a retirada dos monges, o mosteiro passou para a posse da Comissão Municipal.

Classificação

O Mosteiro está classificado como Monumento Nacional.

Localização

Coordenadas GPS: N 41 20.662' W 008 28.341'  (41.34437, -8.47235)
Santo Tirso, publicado em por

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Recentes