Mosteiro de Cete
Mosteiro de Cete
 
Mosteiro de Cete

Com outras designações como Igreja de São Pedro de Cete, Igreja Paroquial do Mosteiro de Cete e Mosteiro de Cete, é mais um belo e magnífico exemplar românico, sendo considerado um dos mais antigos de Portugal.

A data da fundação deste mosteiro sofre um bocado de contestação pois, segundo alguns investigadores, foi fundado no século IX e segundo alguns registos dessa época foi fundado no século X. A tradição indica ter sido fundado por D. Gonçalo Oveques no século X, cujo túmulo está ali se encontra na capela na torre. O pensamento inicial foi para uma Basílica dedicada a São Pedro, tendo sido ocupada por Monges Beneditinos.

Mosteiro de Cete
Mosteiro de Cete
Mosteiro de Cete

No século XI sofreu uma reconstrução, nos finais do século XIII e princípios do XIV veio a alteração do tamanho da nave, a reconstrução da capela-mor e a alteração da fachada do edifício. No século XV vieram os claustros, a torre e outros elementos do conjunto.

Mosteiro de Cete
Mosteiro de Cête - colunas do portal
Mosteiro de Cête - colunas do portal
Portal, botaréu e pormenor das colunas, capitéis e bases

 

Mosteiro de Cête - fachada

A torre e o botaréu junto do portal oeste mostram que a construção teria a finalidade defensiva.

Com estas obras todas, o mosteiro acabou por ser um monumento edificado nos estilos românico tardio e gótico. A fachada é rasgada por um portal de arco quebrado ladeado por três arquivoltas assentes em colunelos de capitéis ornamentados por elementos vegetalistas,e adossada a esta está a torre quadrangular.

Encimado está a rosácea, fruto de uma das intervenções de restauro, ao qual se sobrepõe uma empena rematada por uma cruz em formato de flôr-de-lis.

 
Mosteiro de Cête - arcas tumulares
Arcas tumulares
Mosteiro de Cête - gárgulas
Gárgula
 
Mosteiro de Cête - jardim
Mosteiro de Cête - jardim
Mosteiro de Cête - cruzeiro
Jardim e cruzeiro

Teve também obras de restauro em 1881 e 1882 pela Junta da Paróquia e novamente em 1930 pela Direção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais que, após as profundas obras, levou ao aspeto atual.

O interior apresenta uma só nave com planta logitudinal com cobertura de madeira e a capela-mor de dois tramos terminada em quarto de esfera, sendo percorrido no primeiro registo por uma arcada cega.

Mosteiro de Cête - Nave
Mosteiro de Cête - Altar-mor
Mosteiro de Cête - Claustros
Nave, altar-mor e claustros, fotos inseridas
com a devida autorização da Rota do Românico

O Mosteiro de São Pedro de Cete foi classificado como Monumento Nacional em 1910.

Este Mosteiro faz parte da Rota do Românico, tendo o número 15 no Percurso do Vale do Sousa.

(Fotos em formato 4x3 de Pedro Castro, fotos do interior da Rota do Românico e fotos em formato 16x9 de Fernando Dias)
Coordenadas GPS: N 41 10.851' W 008 21.979'  (41.18085, -8.36632)

 

Temas / Tags

Cete, publicado em por

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar


Os Mais Próximos


Arcas Tumulares
Cete, Paredes
(9 m SW)

Ermida de Nossa Senhora do Vale
Cete, Paredes
(2 km E)

Cruzeiro de Paço de Sousa
Paço de Sousa, Penafiel
(2 km SE)

Ponte Romana do Vau
Paço de Sousa, Penafiel
(2 km SE)

Claustro

Conventos e Mosteiros


Igreja de Santiago de Antas
Antas, Vila Nova de Famalicão

Mosteiro de Paço de Sousa
Paço de Sousa, Penafiel

Igreja Matriz


Igreja de São João da Ribeira
Ribeira, Ponte de Lima

Igreja Matriz da Vila da Ponte
Vila da Ponte, Montalegre

Igreja Matriz de Moncarapacho
Moncarapacho, Olhão

Igreja Matriz de Possacos
Possacos, Valpaços

Igreja Matriz de Almendra
Almendra, Vila Nova de Foz Côa

Monumento Nacional


Igreja Matriz da Atalaia
Atalaia, Vila Nova da Barquinha

Castelo de Terena
Terena, Alandroal

O Românico na Europa e em Portugal


Sé de Viana do Castelo
Viana do Castelo

Castelo de Arnóia
Arnóia, Celorico de Basto

Ponte da Veiga
Torno, Lousada

Torre de Vilar
Vilar do Torno e Alentém, Lousada

Percurso do Vale do Sousa


Igreja de São Mamede de Vila Verde
Vila Verde e Santão, Felgueiras

Torre do Castelo
Aguiar de Sousa, Paredes

Rota do Românico


Igreja de Soalhães
Soalhães, Marco de Canaveses

Ponte de Espindo
Meinedo, Lousada

Igreja de Vila Boa de Quires
Vila Boa de Quires, Marco de Canaveses

Igreja do Salvador
Real, Amarante

Igreja de S. Nicolau
São Nicolau, Marco de Canaveses

São Pedro

Século X


Castelo de Numão
Numão, Vila Nova de Foz Côa

Sepultura Antropomórfica
Genísio, Miranda do Douro

Mosteiro de Arnóia
Arnóia, Celorico de Basto

Castelo de Arnóia
Arnóia, Celorico de Basto

Torre Sineira

Torre de Menagem ou de Vigia

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Portinho da Arrábida, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Estilo Gótico

Imóvel de Interesse Público


Pelourinhos


Pelourinho
Castelo Bom, Almeida

Pelourinho
Castelo Mendo, Almeida

Pelourinho
Terena, Alandroal

Santo Amaro


Capela de Santo Amaro
Alvoeira, Tábua

Capela de Santo Amaro
Vilar de Mouros, Caminha

Capela de Santo Amaro
Sernada do Vouga, Águeda

Capela de Santo Amaro, em Martim Afonso
Santo Quintino, Sobral de Monte Agraço

Ermida de Santo Amaro
Alcântara, Lisboa

São Sebastião

São Tiago


Capela de São Tiago
Barbeita, Monção

Cruzeiro de Santiago
Alcoentre, Azambuja

Igreja Matriz de Alfaiates
Alfaiates, Sabugal

Século XIV


Século XVII

Século XVIII