Mosteiro de Cete
Mosteiro de Cete
 
Mosteiro de Cete

Com outras designações como Igreja de São Pedro de Cete, Igreja Paroquial do Mosteiro de Cete e Mosteiro de Cete, é mais um belo e magnífico exemplar românico, sendo considerado um dos mais antigos de Portugal.

A data da fundação deste mosteiro sofre um bocado de contestação pois, segundo alguns investigadores, foi fundado no século IX e segundo alguns registos dessa época foi fundado no século X. A tradição indica ter sido fundado por D. Gonçalo Oveques no século X, cujo túmulo está ali se encontra na capela na torre. O pensamento inicial foi para uma Basílica dedicada a São Pedro, tendo sido ocupada por Monges Beneditinos.

Mosteiro de Cete
Mosteiro de Cete
Mosteiro de Cete

No século XI sofreu uma reconstrução, nos finais do século XIII e princípios do XIV veio a alteração do tamanho da nave, a reconstrução da capela-mor e a alteração da fachada do edifício. No século XV vieram os claustros, a torre e outros elementos do conjunto.

Mosteiro de Cete
Mosteiro de Cête - colunas do portal
Mosteiro de Cête - colunas do portal
Portal, botaréu e pormenor das colunas, capitéis e bases

 

Mosteiro de Cête - fachada

A torre e o botaréu junto do portal oeste mostram que a construção teria a finalidade defensiva.

Com estas obras todas, o mosteiro acabou por ser um monumento edificado nos estilos românico tardio e gótico. A fachada é rasgada por um portal de arco quebrado ladeado por três arquivoltas assentes em colunelos de capitéis ornamentados por elementos vegetalistas,e adossada a esta está a torre quadrangular.

Encimado está a rosácea, fruto de uma das intervenções de restauro, ao qual se sobrepõe uma empena rematada por uma cruz em formato de flôr-de-lis.

 
Mosteiro de Cête - arcas tumulares
Arcas tumulares
Mosteiro de Cête - gárgulas
Gárgula
 
Mosteiro de Cête - jardim
Mosteiro de Cête - jardim
Mosteiro de Cête - cruzeiro
Jardim e cruzeiro

Teve também obras de restauro em 1881 e 1882 pela Junta da Paróquia e novamente em 1930 pela Direção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais que, após as profundas obras, levou ao aspeto atual.

O interior apresenta uma só nave com planta logitudinal com cobertura de madeira e a capela-mor de dois tramos terminada em quarto de esfera, sendo percorrido no primeiro registo por uma arcada cega.

Mosteiro de Cête - Nave
Mosteiro de Cête - Altar-mor
Mosteiro de Cête - Claustros
Nave, altar-mor e claustros, fotos inseridas
com a devida autorização da Rota do Românico

O Mosteiro de São Pedro de Cete foi classificado como Monumento Nacional em 1910.

Este Mosteiro faz parte da Rota do Românico, tendo o número 15 no Percurso do Vale do Sousa.

(Fotos em formato 4x3 de Pedro Castro, fotos do interior da Rota do Românico e fotos em formato 16x9 de Fernando Dias)
Coordenadas GPS: N 41 10.851' W 008 21.979'  (41.18085, -8.36632)

 

Temas / Tags

Cete, publicado em por