Mosteiro de Travanca
Mosteiro de Travanca
Mosteiro de Travanca

O Mosteiro Beneditino de São Salvador de Travanca é a mais notável obra do românico no concelho de Amarante, tendo sido fundado em meados do século XII.

Mosteiro de Travanca - portal Mosteiro - portal - pormenor
Portal oeste e pormenor dos capitéis e das bases

Este templo conserva grande parte da estrutura românica, à excepção da capela-mor, ampliada no século XVII. A fachada principal, cuja cércea escalonada corresponde às naves, é rasgada ao centro pelo portal axial de quatro arquivoltas, tímpano liso e capitéis, muito bem elaborados, mostrando a melhor escultura do românico na região. No seu interior, o corpo é formado por três naves escalonadas e cabeceira formada por ábside retangular e dois absidíolos de planta circular, abobadados.

 
Mosteiro de Travanca Mosteiro de Travanca
Mosteiro de Travanca Mosteiro de Travanca
Exterior, norte e sul, do mosteiro

No lado norte foi edificada no século XIV a torre defensiva que se considera como uma afirmação senhorial do mosteiro. A estrutura militar gótica contrasta com a decoração de gosto românico, bem patente no tímpano da porta, numa tentativa revivalista dos modelos do românico bracarense.

Mosteiro de Travanca Mosteiro de Travanca - porta da torre Mosteiro de Travanca
Fachada leste, porta da torre e torre
 
Mosteiro - torre sineira Mosteiro - torre sineira
Torre sineira

A torre sineira dupla faz parte da parede ocidental do cemitério, situado junto e no lado norte da igreja.

 
Mosteiro - fachada norte
Mosteiro - fachada norte
Mosteiro - portal norte
Portal norte e
pormenor dos capitéis e bases

O portal da fachada norte, junto da torre, mostra o mesmo tipo de decoração em arquivoltas sobre colunas com capitéis trabalhados.

Já no século XVII, a comunidade do mosteiro procedeu a obras neste templo, entrando assim no período barroco, ampliando a capela-mor e reconstruindo o espaço dos claustros, onde o mestre canteiro João Lopes Amorim edificou um chafariz.

 
Mosteiro de Travanca - altar-mor Mosteiro de Travanca - nave Mosteiro de Travanca - sacristia
(Fotos do altar-mor, da nave e da sacristia inseridas
com a devida autorização da Rota do Românico)

No interior as três naves são separadas por colunas cruciformes que suportam os arcos diafragmas e os arcos formeiros. A sacristia é da época moderna, tal como os edifícios anexos. O retábulo da capela-mor, que estava anteriormente no absidíolo norte, foi para ali levado no século XX.

A partir do ano de 1916, o mosteiro, constituído pelo convento, a igreja e a torre, está classificado como Monumento Nacional.

Este mosteiro faz parte da Rota do Românico, sendo o número 50 do Percurso do Vale do Tâmega.

(Fotos em formato 4x3 de Pedro Castro, fotos assinaladas da Rota do Românico e fotos em formato 16x9 de Fernando Dias)

Coordenadas GPS: N 41 16.684' W 008 11.584'  (41.27807, -8.19307)
Travanca, publicado em por

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Recentes