Igreja do Salvador
Igreja do Salvador
Igreja do Salvador

Igreja Velha de Real, também assim denominada, foi edificada no primeiro quartel do século XIV e enquadra-se no românico tardio seguindo os traços do portal principal, sem tímpano, e as arquivoltas do portal quebradas e toreadas. É de planta longitudinal, constituída por nave e capela-mor retangulares, com a sacristia adossada lateralmente e a sineira adossada no cunhal posterior da capela-mor.

No início do século XVIII pertencia ao padroado do Mosteiro de São Salvador de Travanca, tendo nesta época sofrido grandes transformações, as quais no entanto deixaram preservados sinais do românico. Uma das grandes modificações terá sido a abertura de janelas maiores para iluminação da igreja, outra a construção do púlpito e do coro que entretanto foi modificado para o atual.

Igreja do Salvador - portalIgreja do Salvador - pormenor das colunas
Portal ocidental e pormenor dos capitéis

A fachada principal em empena truncada, encimada por pináculos e rematada por uma cruz latina, é rasgada pelo portal em arco de volta quebrada sobre dois pares de colunas. As colunas exteriores são de secção circular e as restantes de secção octogonal, com capitéis vegetalistas e geométricos. Todo o conjunto é encimado por um óculo circular.

 
Igreja do SalvadorIgreja do Salvador
Arcas tumulares

Na fachada sul está um arcossólio com sarcófago em que se pode ver uma espada gravada na tampa.

 
Igreja do Salvador - naveIgreja do Salvador - naveIgreja do Salvador - altar-morIgreja do Salvador - 1985Igreja do Salvador - 1985
(Fotos do interior e fotos de 1985 inseridas com a devida autorização da Rota do Românico)

O interior de paredes lisas e estucadas mostra a nave da igreja e a capela-mor separadas pelo arco triunfal quebrado. Existia um retábulo-mor com grande espetacularidade que foi transferido para a nova igreja quando esta foi construída e substituído por outro bastante mais simples.

Igreja do Salvador
Igreja do Salvador
Igreja do Salvador - fachada norte

A construção da nova igreja paroquial em 1938 levou ao abandono desta.

Esta igreja faz parte da Rota do Românico, tendo o número 49 do Percurso do Vale do Tâmega.

(Fotos em formato 4x3 de Pedro Castro, fotos assinaladas da Rota do Românico e fotos restantes de Fernando Dias)

Coordenadas GPS: N 41 15.372' W 008 09.707'  (41.25620, -8.16178)
Real, publicado em por

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Recentes