Este Conjunto Monástico é o ex-libris da cidade de Amarante, e esta tudo deve ao santo São Gonçalo que, depois de peregrinar por Roma e Jerusalém decidiu fixar-se neste local, tendo-lhe inclusivamente sido atribuída a construção da ponte sobre o rio Tâmega.

História

Igreja e Convento de São Gonçalo
Igreja e Convento de São Gonçalo
Igreja e Convento de São Gonçalo

Perto desta, ergueu-se uma capela em que o santo foi sepultado e, segunda reza a história, também terá vivido no local.

Igreja e Convento de São Gonçalo - ClaustroIgreja e Convento São Gonçalo - ClaustroIgreja e Convento São Gonçalo - Claustro
Claustro
Igreja e Convento de São Gonçalo - interiorIgreja e Convento de São Gonçalo - interior
Nave, altar-mor e coro

Desde então Amarante começou a ser alvo de peregrinações, fazendo com que este local fosse crescendo em seu redor. Com semelhante história de devoção, o então Rei D. João III e sua mulher D. Catarina, corria o ano de 1540, deliberaram a construção de um novo templo e Convento Dominicano.

As obras deste conjunto monástico tiveram o seu início em 1543, precisamente no local onde se situava a ermida erigida pelo Beato Gonçalo, do século XIII. Crê-se que a edificação foi terminada antes de 1600.

Descrição

Com uma demora de tantos anos, o conjunto veio a sofrer influências na sua arquitetura como as renascentistas, maneiristas e barrocas.

A fachada principal é formada por arcos de volta perfeita, assentes em poderosos pilares, encimada por uma rosácea e dois janelões retangulares que estabelecem a iluminação do templo.

Igreja e Convento de São Gonçalo - SacristiaIgreja e Convento de São Gonçalo - Sacristia
A Sacristia

A fachada lateral possui a parte mais imponente deste conjunto, formado por um soberbo portal e uma varanda denominada dos Reis.

O portal encontra-se dividido em três partes, sendo o térreo o de maior dimensões. Neste abre-se o portal em arco de volta perfeita ladeado por dois pares de colunas coríntias que assentam em elevados pedestais. Aqui encontram-se dois nichos com as imagens de S. Francisco de Assis e S. Domingos de Gusmão.

O segundo piso é formado por seis colunas de três nichos com as imagens de S. Gonçalo, S. Pedro e S. Tomás de Aquino.

Finalmente o último piso, também formado por colunas salomónicas e um nicho central com a imagem de Nossa Senhora do Rosário com o Menino.

A famosa Varanda dos Reis é formada por cinco arcos, também de volta perfeita, apoiados por pilares, onde se incluem as imagens dos Reis como o de D. João III, D. Sebastião, D. Henrique e, finalmente, o de D. Filipe II, de Espanha.

Igreja e Convento de São Gonçalo - interiorIgreja e Convento de São Gonçalo - interiorIgreja e Convento de São Gonçalo - Confessionário
Altar-mor, coluna e confessionário

No seu interior, a forma segue a da cruz latina, começando por nártex, encimado pelo coro-alto, seguindo-se o corpo da nave e do transepto do zimbório, culminando com a capela-mor. Esta é dividida por um arco de volta perfeita ladeado por duas colunas, resumindo a história do edifício, mantendo as inscrições da data da construção do Convento e a proibição de Filipe I de Portugal de mais alguém ser ali sepultado na capela-mor.

Classificação

A igreja em conjunto com o claustro estão classificados desde 1910 como Monumento Nacional.

Localização

Coordenadas GPS: N 41 16.140' W 008 04.715'  (41.26900, -8.07858)

Temas / Tags

Amarante, publicado em por

 


Os Mais Próximos

Conventos e Mosteiros

Estilo Barroco


Igreja Matriz de Reigada
Reigada, Figueira de Castelo Rodrigo

Igreja de São Cristóvão da Nogueira
São Cristóvão da Nogueira, Cinfães

Capela da Misericórdia
Louriçal, Pombal

Estilo Maneirista

Estilo Renascentista


Monumento Nacional


Memorial da Ermida
Irivo, Penafiel

Palácio da Independência
Santa Maria Maior, Lisboa

Geira
Campo do Gerês, Terras de Bouro

Cruzeiro de Santa Marta do Portuzelo
Santa Marta de Portuzelo, Viana do Castelo

São Gonçalo

Século XVI

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Azeitão, Setúbal

Igreja de S. Simão
Azeitão, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Imóvel de Interesse Público


Santa Maria

Santa Marinha


Igreja Matriz de Alquerubim
Alquerubim, Albergaria-a-Velha

Igreja Matriz de Real
Real, Castelo de Paiva

Igreja Paroquial de Santa Marinha de Oriz
Oriz (Santa Marinha), Vila Verde

Século XII

Século XIII

Século XV


Século XVII

Século XVIII

Torre Sineira


A nossa Igreja
Freches, Trancoso

Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar

Antiga Matriz de Alcoentre
Alcoentre, Azambuja

Antigos Paços do Concelho
Castelo Novo, Fundão