Acredita-se de que a Ermida de Nossa Senhora do Ameal foi a primeira Igreja Paroquial da região de Torres Vedras, com indefinição da data da sua fundação. Em 1310 a Rainha D. Isabel fundou nas dependências da Ermida o Hospital de Nossa Senhora do Rocamador, pertencente à Ordem de Santa Maria do Rocamador, comprovando assim a existência da edificação no início do século XIV.

Ermida da Nossa Senhora do Ameal
Ermida da Nossa Senhora do Ameal

Só no decorrer do século XVI a Ermida se separou definitivamente do hospital, com esta instituição a deslocar-se para outro espaço e com o templo a ser completamente remodelado, corria o ano de 1507. Mas o templo só conferiu com a atual traça entre os anos de 1550 e 1560, devido a uma campanha de obras. Não acabando aqui, a ermida sofreu novamente obras nos anos 1767 e 1858 com a intenção de aumentar o espaço.

De planta longitudinal, é formada por uma única nave e capela-mor, a fachada apresenta-se por uma galilé com colunas toscanas e frontão triangular, encimada por uma janela. O portal lateral, assente também em colunas toscanas, é encimado por um frontão triangular.

No interior, a nave possui um púlpito em pedra quinhentista e uma capela lateral dedicada a Nossa Senhora do Rocamador, edificada em 1719, e o retábulo possui uma imagem policroma da padroeira datada do século XV.

Esta ermida faz parte da lista dos Monumentos Nacionais desde 1910.

Coordenadas GPS: N 39 05.907' W 009 15.657'  (39.09845, -9.26095)
Torres Vedras, publicado em por

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Recentes