A Capela de Nossa Senhora da Boa Viagem e de Santo António situa-se no centro da Ericeira, vizinha da costa e no cimo da falésia da vila, por cima da Praia dos Pescadores. Tem uma vista excelente sobre o Oceano, a praia e parte da vila.

Origem

Capela de Nossa Senhora da Boa Viagem
Capela de Nossa Senhora da Boa Viagem
Capela de Nossa Senhora da Boa Viagem

Não há certeza quanto à sua edificação, mas poderá ter sido ao mesmo tempo da Igreja Paroquial, no século XIV ou XV, tendo diversas modificações assinaladas com datas nas portas de 1644, de 1844 e de novo do século XX, em 1993, quando foi restaurado o retábulo.

Local de Culto e Farol

Em 1609 esta capela serviu como local para as reuniões da Confraria de Nossa Senhora da Boa Viagem dos Homens do Mar, sendo tornada em local de culto apenas em 1645.

Esta capela também serviu de farol para a entrada de barcos no porto e para anunciar os temporais.

Além de ser dedicada a Nossa Senhora da Boa Viagem, padroeira dos pescadores, também é dedicada a Santo António, pela confraria a que pertenciam as raparigas solteiras.

Foi daqui de junto da capela que partiu a família real portuguesa, D. Manuel II e D. Amélia, em 1910, pela implantação da República, a caminho da Inglaterra. Esta facto está indicado num painel de azulejos na parede exterior no lado sul da capela.

Atualmente é o local preferido de peregrinação na Vila da Ericeira, realizando-se aqui a festa de Nossa Senhora da Boa Viagem, padroeira dos pescadores da Ericeira, no terceiro fim-de-semana de agosto.

Fachada

Capela de Nossa Senhora da Boa Viagem

A fachada é composta pelo portal em verga reta, ladeado por duas pequenas janelas e encimada por uma terceira, todas quadradas.

O portal é limitado por pilastras onde assenta a arquitrave, sendo a janela superior também limitada por pilastras simuladas em pequeno relevo. Termina com uma pequena cruz no cimo e pináculos nos extremos.

Interior

A capela, de pequena dimensão, é de nave única e capela-mor retangulares, separadas por um arco triunfal de volta perfeita sobre pilastras sem decoração.

O interior é totalmente forrado em azulejos, tanto nas paredes como no teto, sendo este conjunto um importante património histórico e artístico. Além da santa padroeira, Nossa Senhora da Boa Viagem, inclui imagens de Santo António, São Vicente, São Pedro e Santa Catarina.

Localização

Coordenadas GPS: N 38 57.893' W 009 25.085'  (38.96488, -9.41808)

Referências

Temas / Tags

Ericeira, publicado em por

 


Os Mais Próximos


Praia dos Pescadores
Ericeira, Mafra
(100 m SW)

Pelourinho da Ericeira
Ericeira, Mafra
(110 m NE)

Forte de Nossa Senhora da Natividade
Ericeira, Mafra
(118 m NW)

Igreja Paroquial de S. Pedro
Ericeira, Mafra
(205 m N)

Faróis


Farol da Barra
Gafanha da Nazaré, Ílhavo

Farol de Vila Real de Santo António
Vila Real de Santo António

Farol de Montedor
Carreço, Viana do Castelo

Farol do Penedo da Saudade
São Pedro de Moel, Marinha Grande

Nossa Senhora da Boa Viagem

Santo António

Século XIV


Fortaleza de Buarcos
Figueira da Foz

Ponte Românica de Vilar de Mouros
Vilar de Mouros, Caminha

Igreja Matriz de Glória do Ribatejo
Glória do Ribatejo, Salvaterra de Magos

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Portinho da Arrábida, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Igreja de S. Simão
Vila Fresca de Azeitão, Setúbal

Igreja Matriz


A Igreja Matriz, a Albergaria
Arrifana, Vila Nova de Poiares

Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar

Capela da Senhora da Soledade
Olhão da Restauração, Olhão

Capela de Nossa Senhora da Saúde de Fetais
Santo Quintino, Sobral de Monte Agraço

Igreja e Hospital da Misericórdia

Santa Maria

Santa Maria Madalena


Capela de Santa Maria Madalena
Aldeia das Dez, Oliveira do Hospital

Capela e Dólmen
Alcobertas, Rio Maior

Igreja Matriz da Aldeia Gavinha
Aldeia Gavinha, Alenquer

Igreja Matriz de Aldeia do Mato
Aldeia do Mato, Abrantes

Igreja Matriz de Justes
Justes, Vila Real

São Francisco de Assis

São Sebastião

Século XII

Século XVI

Torre do Relógio