Localizada no largo com o mesmo nome, a Igreja da Graça, que faz parte do Convento da Graça, é uma construção do século XIII.

Origem

Localizada no largo com o mesmo nome, a Igreja da Graça, que faz parte do Convento da Graça, é uma construção do século XIII.

Pertencente à Ordem dos Agostinianos Eremitas, associada à Ordem de Santo Agostinho, era aqui a sede da Ordem em Portugal. Era por isso chamada também de Ordem dos Gracianos.

Construção e Reconstrução

Construída no século XIII, foi reedificada no século XVI.

Destruída pelo terramoto de 1755, foi depois restaurada em estilo tardo-barroco, mas mantendo o princípio manuelino no batistério e na capela dos Almadas e o maneirista no claustro.

Estrutura e Interior

Sobre a fachada da igreja vemos a torre sineira com data de 1738. Em ângulo reto com a fachada da igreja está a portaria conventual.

No interior sóbrio destaca-se os altares em talha dourada, os azulejos dos séculos XVI, XVII e XVIII, a pintura do teto, as esculturas do século XVIII das capelas intermédias e a decoração barroca da sacristia.

Classificação

O conjunto da igreja e do convento está classificado de Monumento Nacional.

Localização

Coordenadas GPS: N 38 42.984' W 009 07.889'  (38.71640, -9.13148)

Referências

São Vicente, publicado em por

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Recentes