O Jardim Zoológico de Lisboa foi inaugurado em 28 de maio de 1884 no Parque de São Sebastião da Pedreira. Depois de estar nos terrenos de Palhavã durante 11 anos, em 28 de maio de 1905 o Jardim Zoológico foi finalmente transferido para o local onde hoje se situa, na Quinta das Laranjeiras.

História

Jardim Zoológico de Lisboa

O Jardim Zoológico de Lisboa foi inaugurado em 28 de maio de 1884 no Parque de São Sebastião da Pedreira, com 1127 animais. Em 1894 foi transferido para os terrenos de Palhavã, onde hoje se situa a Fundação Calouste Gulbenkian.

Em 28 de maio de 1905, 21 anos depois de inaugurado, o Jardim Zoológico foi finalmente transferido para o local onde hoje se situa, na Quinta das Laranjeiras.

Prémios

Em 12 de março de 1912 o Congresso da República decretou uma lei que declarou o "Jardim Zoológico e de Aclimação de Portugal" como Instituição de Utilidade Pública.

Em 1952 recebeu da Câmara Municipal de Lisboa a "Medalha de Ouro de Lisboa".

Atualidade

Contém cerca de 2000 animais de 332 espécies diferentes. Um teleférico dá uma volta completa ao parque numa altura máxima de 20 metros, num percurso com a duração de 20 minutos.

Localização

Coordenadas GPS: N 38 44.573' W 009 10.094'  (38.74288, -9.16823)

Referências

Temas / Tags

São Domingos de Benfica, publicado em por

 


Os Mais Próximos

Palácio do Conde de Farrobo
Palácio do Conde de Farrobo
São Domingos de Benfica, Lisboa
(204 m N)
Palácio Fronteira
Palácio Fronteira
São Domingos de Benfica, Lisboa
(1 km W)
Arco de São Bento
Arco de São Bento
Campolide, Lisboa
(1 km SE)
Igreja do Convento de S. Domingos de Benfica
Igreja do Convento de S. Domingos de Benfica
São Domingos de Benfica, Lisboa
(1 km W)
Palácio de Palhavã
Palácio de Palhavã
Avenidas Novas, Lisboa
(1 km SE)

Jardins e Parques Verdes

Jardim no cais de V.V.Ródão
Jardim no cais
Vila Velha de Ródão
Largo da República
Largo da República
Vila Nova de Poiares

Século XIX

Palácio da Rosa
Palácio da Rosa
Santa Maria Maior, Lisboa
Capela do Senhor dos Desamparados
Capela do Senhor dos Desamparados
Palmeira de Faro, Esposende

Os Mais Vistos

Lapa de Santa Margarida
Lapa de Santa Margarida
Azeitão, Setúbal
Igreja de S. Simão
Igreja de S. Simão
Azeitão, Setúbal
Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho
Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Conventos e Mosteiros


Cruzeiros

Câmara Municipal

Ermida ou capela isolada

Faróis

Facho de Árvore
Facho de Árvore
Árvore, Vila do Conde
Farol da Barra
Farol da Barra
Gafanha da Nazaré, Ílhavo

Igreja Matriz

Igreja Matriz de Arrifana
A Igreja Matriz, a Albergaria
Arrifana, Vila Nova de Poiares
Antiga Igreja Matriz
Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar
Capela da Senhora da Soledade
Capela da Senhora da Soledade
Olhão da Restauração, Olhão
Capela de Nossa Senhora da Saúde de Fetais
Capela de Nossa Senhora da Saúde de Fetais
Santo Quintino, Sobral de Monte Agraço

Monumento Nacional

Anta da Agualva
Anta da Agualva
Agualva-Cacém, Sintra
Anta da Barrosa
Anta da Barrosa
Vila Praia de Âncora, Caminha
Anta de Santa Marta
Anta de Santa Marta
Santa Marta, Penafiel
Anta do Tapadão
Anta do Tapadão
Aldeia da Mata, Crato

O Românico na Europa e em Portugal

Antigos Paços do Concelho
Antigos Paços do Concelho
Castelo Novo, Fundão
Capela das Almas
Capela das Almas
Viana do Castelo
Capela de Fandinhães
Capela de Fandinhães
Paços de Gaiolo, Marco de Canaveses

Santa Maria

Século XV