Igreja Matriz
Fachada frontal
e lateral

Também conhecida como Igreja de São João, pertence à segunda metade do século XVIII.

A primitiva igreja poderia ser de origem medieval, construída pela Ordem dos Hospitalários, a quem fora concedido senhorio do Sabugal. Na fachada, à direita da porta de entrada, encontra-se uma antiga ara romana reaproveitada na construção.

Coordenadas GPS: N 40 21.105' W 007 05.494'  (40.35175, -7.09157)

Temas / Tags

Sabugal, publicado em por

 


Os Mais Próximos


Casa dos Britos
Sabugal
(35 m W)

Praça da República
Sabugal
(49 m W)

Pelourinho de Sabugal
Sabugal
(111 m NW)

Chafariz de Sabugal
Sabugal
(179 m SE)

Igreja Matriz


Igreja Matriz de Fataunços
Fataunços, Vouzela

Igreja Matriz de Alfaiates
Alfaiates, Sabugal

Igreja Matriz de Castelo Rodrigo
Castelo Rodrigo, Figueira de Castelo Rodrigo

São João Batista

Século XVIII


Santuário de Nossa Senhora da Fé
Cantelães, Vieira do Minho

Igreja Matriz de Roge
Macieira de Cambra, Vale de Cambra

Torre Sineira


Igreja Matriz de Castelo Bom
Castelo Bom, Almeida

Capela de Santo António
Antas, Vila Nova de Famalicão

Igreja Matriz de Chorense
Chorense, Terras de Bouro

Igreja Matriz de São Miguel
Recardães, Águeda

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Azeitão, Setúbal

Igreja de S. Simão
Azeitão, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Estilo Barroco

Imóvel de Interesse Público

Nossa Senhora das Necessidades

O Românico na Europa e em Portugal


Antigos Paços do Concelho
Castelo Novo, Fundão

Capela das Almas
Viana do Castelo

Capela de Fandinhães
Paços de Gaiolo, Marco de Canaveses

Pavilhões e Recintos Desportivos

Senhor Jesus


Alto do Senhor da Boa Morte
Vila Franca de Xira

Basílica da Estrela
Estrela, Lisboa

Bom Jesus das Mós
Carvalheira, Terras de Bouro

Capela Corpo de Deus
Pindelo, Oliveira de Azeméis

Solares


Alto do Senhor da Boa Morte
Vila Franca de Xira

Antigos Paços do Concelho
Vila de Prado, Vila Verde

Casa Senhorial
Bornes, Macedo de Cavaleiros

Século XII