Pelourinho de Arraiolos
Pelourinho de Arraiolos
Pelourinho de Arraiolos

Na parte este da pequena e principal praça de Arraiolos, mais concretamente na Praça do Município, encontra-se o Pelourinho que, em virtude de um segundo foral atribuído a esta vila, foi concedido por D. Manuel em 1511. Em 1757, por atos de vandalismo ficou partido no fuste e remate, sendo reerguido no mesmo ano por ordem do Rei D. José.

Sobre quatro degraus circulares em calcário, em que o primeiro está parcialmente enterrado no pavimento devido à inclinação deste, o pelourinho ergue-se sobre uma base também circular, sendo este diferenciado dos outros pela sua constituição de mármore branco de Estremoz.

Segue-se o fuste, dividido sensivelmente a meio pela face inferior lisa e a superior face em torsa. Segue-se o capitel com a sua apresentação simples de um cochim circular e ábaco quadrado, da qual saem quatro braços de ferros de sujeição curvos nas pontas e rematados por cabeças de dragões, de onde pendem argolas. É rematado por uma esfera lisa.

Tornou-se Monumento Nacional desde 1910

Coordenadas GPS: N 38 43.546' W 007 59.060'  (38.72577, -7.98433)
Arraiolos, publicado em por

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar


Os Mais Próximos

Monumento Nacional

Pelourinhos

Século XVI

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Portinho da Arrábida, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Estilo Manuelino

Igreja e Hospital da Misericórdia

Imóvel de Interesse Público

Portas da Cidade ou do Castelo

Santa Luzia


Capela de Santa Luzia
Vila Nova de Foz Côa

Capela de Santa Luzia
Pedrógão, Vidigueira

Capela de Santa Luzia
Ferreiros, Amares

São João Batista

Século XVII

Século XVIII

Torre Sineira


A nossa Igreja
Freches, Trancoso

Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar

Antiga Matriz de Alcoentre
Alcoentre, Azambuja

Antigos Paços do Concelho
Castelo Novo, Fundão

 

 


..