Sineira

Proposta como uma das aldeias maravilha e remota de Portugal, a aldeia de Gondramaz faz juz à verdadeira classificação de pré finalista, não lhe ficando mal se conseguisse arrebatar o título. Uma aldeia que mantém a sua grandiosa história, a entrar no século XXI, disposta a receber e conquistar todo o visitante que ali se desloque.

Casario
Casario

Uma aldeia que se situa numa encosta, contrariando a ideia de que ia oferecer um grau de dificuldade de desníveis no percurso interior. Uma aldeia surpresa em todos os sentidos, com os seus becos e ruas estreitas e sinuosas, passando por alguns largos, todos estes espaços muito bem orientados na colocação do xisto, passando despercebido de que um desnível possa existir. Ruas que acompanham um casario, também todo ele muito bem aprumado, mantendo o seguimento do estilo em madeira para as janelas e portas e sem haver qualquer diferenciação, algumas dessas portas recorrendo ao peculiar e interessante campainha da sineta.

Casario
Casario
Casario
Brasão
Casario
Salão de Baile

A rua principal leva-nos a passar por um edifício que, pelas indicações, deveria ser a instituição máxima de Gondramaz, com o brasão de armas no pequeno murete em que assenta a escadaria, seguindo-se um pouco mais abaixo um edifício de proporções pequenas, com a indicação em xisto de que ali se realizavam os bailes da aldeia.

Casario
Casario
Casario
Casario
Beco do Tintol

Uma aldeia de proporções razoáveis, com uma rua principal e daqui a derivar ruas ou becos, todos eles com uma inscrição numa pequena placa de xisto a identificar estas derivações. O nome por vezes torna-se em algo de histórico a entrar na linha do divertido, como é o caso deste beco do TIMTOL, indicando ao visitante que aquele pequeno espaço em tempos remotos era dedicado a servir vinho aos aldeões.

Fonte da Aldeia
Lavadouro Comunitário

Por um destes labirintos passamos por uma interessante fonte, espaldada com uma habitação, de planta triangular e com uma saída de água, com duas bases laterais para pousar os seus bens no caso de querer parar para beber água fresca e transparente. À semelhança da fonte, também vamos encontrar o lavadouro comunitário, atualmente traduzido por um tanque revestido de xisto, e por detrás deste a respetiva e necessária casa de banho para os visitantes.

Vila Nova, publicado em por

 


Os Mais Vistos

Lapa de Santa Margarida
Lapa de Santa Margarida
Azeitão, Setúbal
Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho
Igreja de S. Simão
Igreja de S. Simão
Azeitão, Setúbal
Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Cruzeiros

Câmara Municipal

Igreja Matriz

Igreja Matriz de Arrifana
A Igreja Matriz, a Albergaria
Arrifana, Vila Nova de Poiares
Antiga Igreja Matriz
Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar
Capela da Senhora da Soledade
Capela da Senhora da Soledade
Olhão da Restauração, Olhão
Capela de Nossa Senhora da Saúde de Fetais
Capela de Nossa Senhora da Saúde de Fetais
Santo Quintino, Sobral de Monte Agraço

Imóvel de Interesse Público


Nossa Senhora da Oliveira

Outros Santos

Capela de Santo Abdão
Capela de Santo Abdão
Correlhã, Ponte de Lima
Igreja de Santo Quintino
Igreja de Santo Quintino
Santo Quintino, Sobral de Monte Agraço

Santa Maria

Século XVI

Século XVII


Torre Sineira

Antiga Igreja Matriz
Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar
Antiga Matriz de Alcoentre
Antiga Matriz de Alcoentre
Alcoentre, Azambuja
Antigos Paços do Concelho
Antigos Paços do Concelho
Castelo Novo, Fundão