Largo de Encontro
Largo do Encontro

Uma vez recuperado do fôlego da subida, e recorrendo ao antigo provérbio português que "tudo o que sobe, desce", é o que simplesmente todo o visitante tem a fazer. Nada melhor que ir ao encontro de um local onde se podem à primeira vista reunir locais e viajantes. Uma vez mais seguindo o caminho certo, leva-nos a este que pode considerar-se o verdadeiro ponto de encontro. Aqui estão reunidos três ou quatro elementos comuns a estes grupos de pessoas, como é o caso do lavadouro, o forno comunitário, a fonte e, finalmente, a piscina.

É aqui neste pequeno largo de encontro que pode confraternizar por uns minutos, horas ou até um dia, se fizer deste último a intenção de lá passar. Efectivamente estão reunidas as condições para que tenha uns momentos bem passados.

Piscina Natural
Piscina Natural
A piscina

Para começar, e depois de uma visita à aldeia, pode refrescar-se nas águas puras e límpidas da piscina ali existente, sem problemas alguns quanto à estrutura. Tem uma certa altura para que possa dar um mergulho, mas não nadar.

Forno Comunitário
Forno comunitário
Fonte de Baixo
A fonte

Na possibilidade de ter ficado com fome pode, se tiver uma carninha ou peixe, grelhar no forno comunitário, aproveitando o local para ali o saborear, uma vez que este oferece uma mesa com dois bancos. No acompanhamento da comida, se preferir uma bebida saúdavel e sem quimicos, tem em frente uma pequena fonte que fornece água pura e fresca.

Lavadouro Comunitário
Lavadouro Comunitário
Lavadouro Comunitário
Lavadouro comunitário

Para saborear a magnífica refeição idealizada por si pode ao mesmo tempo deitar conversa e tirar ideias com as poucas ou quase nenhumas senhoras locais, se na ocasião ali estiverem e que estejam a lavar as suas roupas. Contudo não pode tomar café, pois não existe nehum, mas se está num ambiente puro e fresco não precisa deste elemento com cafeína.

Coordenadas GPS: N 40 04.830' W 008 12.209'  (40.08050, -8.20348)

Temas / Tags

Candal, publicado em por