Pelourinho de Buarcos

Buarcos entra na lista dos casos inéditos em Portugal ao possuir dois pelourinhos. Atualmente o território que constitui Buarcos é formado por duas pequenas e antiquíssimas localidades que remontam ao tempo de D. Afonso Henriques. Elas chamam-se de Buarcos (zona baixa) e Redondos (zona alta) que, pela ordem natural da história, acabaram por se juntar.

Sendo assim, o Pelourinho de Buarcos, igualmente conhecido como o Pelourinho de Baixo, obteve dois forais em que o primeiro se deu em 1342, entregue por D. Afonso IV, e o segundo entregue por D. Manuel I em 1516.

Não foi o pelourinho logo edificado, ao contrário do que é habitual, mas conseguiu chegar ao estatuto de Concelho. Estatuto este que mais tarde, em 1771, perdeu para a sua vizinha Figueira da Foz no momento da elevação desta a vila. Em 1794 foi acrescentada à então vila de Redondos, ficando a ser chamada de Buarcos e Redondos.

Descrição

Pelourinho de Buarcos

O pelourinho ergue-se numa plataforma de três degraus, sendo o térreo circular e os dois superiores octogonais com faces côncavas. O fuste, cilíndrico e liso, tem uma pequena base circular seguido de um anel pouco saliente.

O capitel dórico é formado por equino e ábaco, formando assim a base do remate. Este é formado por um prisma retangular encimado por uma cúpula entre quatro pequenos pináculos a rematar os ângulos do prisma. Numa destas faces está o brasão de Buarcos.

Classificação

Está classificado como Imóvel de Interesse Público.

Localização

Coordenadas GPS: N 40 09.953' W 008 52.634'  (40.16588, -8.87723)

Temas / Tags

Figueira da Foz, publicado em por

 


Os Mais Próximos


Teatro da Trindade
Figueira da Foz
(45 m NW)

Igreja da Misericórdia de Buarcos
Figueira da Foz
(76 m SW)

Torre de Redondos
Figueira da Foz
(106 m N)

Pelourinho de Redondos
Figueira da Foz
(140 m SW)

Igreja de São Pedro de Buarcos
Figueira da Foz
(196 m W)

Imóvel de Interesse Público


Casa Grande de Romarigães
Romarigães, Paredes de Coura

Ponte Românica Medieval
Vilar Maior, Sabugal

Igreja de Nossa Senhora da Graça
Areias, Ferreira do Zêzere

Pelourinhos


Pelourinho de Alpedriz
Alpedriz, Alcobaça

Pelourinho de Águas Belas
Águas Belas, Ferreira do Zêzere

Século XVI

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Azeitão, Setúbal

Igreja de S. Simão
Azeitão, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Claustro

Conventos e Mosteiros

Nossa Senhora da Conceição

Outras Devoções a Nossa Senhora


Alminhas
Sabuzedo, Montalegre

Capela Nossa Senhora do Viso
Vale de Sancha, Mirandela

Capela da Senhora da Cabeça
Pereiros, São João da Pesqueira

Capela da Senhora do Aumento
Souto Fiscal, Monção

Capela da Tojeirinha
Alqueidão da Serra, Porto de Mós

Povoados Pré-romanos


Castro de Lanhoso
Póvoa de Lanhoso

Citânia de Briteiros
Briteiros (São Salvador), Guimarães

Citânia de Sanfins
Sanfins, Paços de Ferreira

Citânia de Santa Luzia
Areosa, Viana do Castelo

Século XVII

Século XVIII

Torre Sineira


A nossa Igreja
Freches, Trancoso

Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar

Antiga Matriz de Alcoentre
Alcoentre, Azambuja

Antigos Paços do Concelho
Castelo Novo, Fundão

Torre do Relógio