Igreja da Misericórdia
Fachada
frontal
Igreja da Misericórdia
Frontal e lateral
Igreja da Misericórdia
Igreja e
Torre Sineira

Muito antes da Confraria da Misericórdia começar a existir no século XVI já vigoravam em Portugal várias formas de assistência como as albergarias e outras confrarias. Arganil não fugiu à regra, com uma albergaria denominada de Nossa Senhora da Conceição e que tinha a sua sede na Igreja Matriz desta vila. Entretanto, só em 1647 é que uma instituição da Misericórdia surgiu em Arganil, segundo a autorização dada pela Provisão Régia, na fundação desta organização.

Dedicada e em homenagem à anterior albergaria, a primeira capela da Confraria viria chamar-se de Nossa Senhora da Conceição, dando então uma continuidade de assistência à população. Porém esta capela não passava e segundo os estudos de Regina Anacleto, de um acanhado oratório anexo à Casa da Irmandade. Perante tal facto, houve a necessidade de aumento ou construção de outro templo.

Esta campanha de obras ou construção é desconhecida, havendo notícias de que o provedor da Misericórdia, na altura de 1755, tenha dado autorização de um novo templo desta Confraria. O certo é que em 1558, nas Memórias Paroquiais, aludem somente à Casa, omitindo qualquer referência a outro templo religioso, levando mesmo a pensar que ainda não estaria fundado.

Sendo assim, permitiu concluir que o templo em questão começou a ser construído na segunda metade do sécuo XVIII, em sucessivas campanhas, que conferiram um ecletismo ao edifício, dando-lhe um estilo barroco ao exterior e rococó ao interior.

Igreja da Misericórdia - interior
Interior
Igreja da Misericórdia - interior
Coro-alto

Localizada no centro da vila, fazendo esquina entre as ruas da Misericórdia e Condessa das Canas, este edifício pertencente à segunda metade do século XVIII apresenta uma planta irregular e uma composição de mistura de estilos, provenientes de uma extensa campanha construtiva que se arrastou pelo século XIX.

Sob o estilo barroco, a fachada principal apresenta-se delimitada por cunhais de pilastras a rematar por um frontão contracurvado e dois pináculos. Está anexada a esta pelo lado direito a torre sineira.

O portal principal em arco abatido está ladeado por duas colunas sobrepujadas de um entablamento com elementos decorativos. A este liga-se a sacada em guarda de ferro da janela que ilumina o coro-alto. É rematado no frontão contracurvado pelo brasão de armas da Misericórdia.

Igreja da Misericórdia - interior
Altar-mor
Igreja da Misericórdia - interior
Orgão de tubos
Igreja da Misericórdia - interior
Púlpito

O interior numa configuração rococó apresenta uma nave única com uma dicotomia na apresentação, com o retábulo-mor em talha dourada, os retábulos colaterais pintados em branco e concheados, e finalmente o restante como o coro-alto, o púlpito e finalmente a varanda do orgão, todos estas obras em talha.

A Igreja da Misericórdia está até hoje classificada como Interesse Municipal.

Coordenadas GPS: N 40 12.998' W 008 03.263'  (40.21663, -8.05438)

Temas / Tags

Arganil, publicado em por

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar


Os Mais Próximos


Coreto de Arganil
Arganil
(62 m W)

Fonte
Arganil
(131 m NE)

Pelourinho de Arganil
Arganil
(181 m NE)

Estilo Barroco


Solar da Casa Grande
Freixo de Numão, Vila Nova de Foz Côa

Igreja Matriz de Bragado
Bragado, Vila Pouca de Aguiar

Estilo Rococó

Igreja e Hospital da Misericórdia

Imóvel de Interesse Municipal


Século XVIII


Igreja Matriz de Olhão
Olhão da Restauração, Olhão

Capela de São Lázaro
Arruda dos Vinhos

Forte de São Roque
Castelo de Vide

Convento da Orada
Telheiro, Reguengos de Monsaraz

Órgão de Tubos

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Portinho da Arrábida, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Ermida ou capela isolada

Figuras da Realeza de Portugal


D. Dinis
Coimbra

D. Manuel I
Almendra, Vila Nova de Foz Côa

Memoriais


Campo da Ataca
São Torcato, Guimarães

Cruzeiro Memorial Histórico
Vermiosa, Figueira de Castelo Rodrigo

Monumento Nacional


Anta da Agualva
Agualva-Cacém, Sintra

Anta da Barrosa
Vila Praia de Âncora, Caminha

Anta de Santa Marta
Santa Marta, Penafiel

Nossa Senhora da Natividade

Nossa Senhora das Dores

O Românico na Europa e em Portugal


Antigos Paços do Concelho
Castelo Novo, Fundão

Capela das Almas
Viana do Castelo

Capela de Fandinhães
Paços de Gaiolo, Marco de Canaveses

Rios


A ponte sobre o Tejo
Vila Velha de Ródão

Cais fluvial da Senhora da Ribeira
Seixo de Ansiães, Carrazeda de Ansiães

Capela de Santa Teresinha
Pomarão, Mértola

Santo António

Século XVII