Vista Geral

Esta maravilhosa vista da Penha Garcia, que tem o nome da Serra, é uma indicação da sua posição geográfica contribuindo um pouco para o desenrolar da história. A poucos quilómetros da vizinha Espanha, a região de Penha Garcia desde muito cedo é marcada com a presença humana, remontando ao tempo pré-histórico e romano.

Devido ao seu acidentado terreno, foi importante para a formação de um castro lusitano, assim contribuindo para a formação e manutenção de uma população nesta zona. Seguiu-se o período romano, sendo uma das características deste o aproveitamento das fortificações anteriores, havendo aqui indicações documentais nas ruínas da Capela de São Lourenço.

Entretanto, seguiu-se o período da Independência do reino, com a edificação de uma fortaleza no reinado de D. Sancho I com a finalidade de proteger a Beira e respetivamente o centro do país. Mais tarde, em 1256, Penha Garcia recebe o seu foral de D. Afonso III com a finalidade de fixar a povoação. Assim se manteve a Penha Garcia, que atualmente está com uma população de pouco mais de 800 habitantes.

Penha Garcia, publicado em por