Pelourinho de Penha Garcia

O Pelourinho surgiu na ocasião em que D. Afonso III concedeu o foral à povoação, em 1256. Em 1303 D. Dinis doou a mesma à Ordem do Templo.

A povoação teve, em 1510, um novo foral dado por D. Manuel, e do qual foi sede de concelho até 1836, tendo sido mais tarde integrada em Idanha-a-Nova.

De fuste cilíndrico e liso, encontra-se coroado por uma peça cónica boleada encontrando-se no cimo com dois escudos, um com as armas nacionais e outro com cinco flores de liz e rosetas entre as volutas. Tem como sua base quatro degraus quadrangulares de aresta, ficando os dois primeiros parcialmente enterrados devido ao acentuado desnível do pavimento.

Está classificado com Imóvel de Interesse Público.

Coordenadas GPS: N 40 02.532' W 007 00.961'  (40.04220, -7.01602)

Temas / Tags

Penha Garcia, publicado em por