Castelo
Porta do Castelo
Porta do Castelo
Porta do Castelo

Segundo um documento doado a um Mosteiro Leonês, Vinhais constava como a existência de um agrupamento em torno da Capela de São Facundo, pondo de parte a posição de um lugar determinado, numa escala topográfica.

No seguimento de D. Dinis ao criar as Novas Vilas, dando um maior impulso no povoamento e uma maior centralização do território de Trás-os-Montes, criou Vinhais para se tornar nesse centro.

Contudo, só nos finais do século XIII e com este reinado, a cerca da vila foi finalizada, fazendo parte dela cinco torres, duas das quais flanqueando os portões, e a Torre de Menagem, uma vez que a cerca não possuía alcáçova.

Nos séculos seguintes, a cerca foi palco de muitas circunstâncias, tais como a troca territorial com os espanhóis, objecto de reformas da cerca, e o prestígio do novo foral, a guerra da Restauração, acabando numa tentativa da Câmara Municipal de demolir algumas partes do Castelo, com a oposição do povo, conseguindo por isso a consolidação e restauro do que sobra.

A planta da cerca possui uma planta ovalizada irregular, com o destaque para a Torre de Menagem, defendendo o portal principal, em que este era encimado por um torreão apoiado na parte externa com dois pilares em forma retangular. Numa segunda porta rasgava-se na barbacã, fronteira à Torre de Menagem.

Desde 1947, o Imóvel foi classificado como Monumento Nacional.

Coordenadas GPS: N 41 50.139' W 007 00.007'  (41.83565, -7.00012)

Temas / Tags

Vinhais, publicado em por