Igreja Matriz de Torre de Dona Chama
Igreja Matriz de Torre de Dona Chama

Conhecida também como Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Encarnação, padroeira da vila, foi edificada no século XVIII, estando considerada como dos exemplares melhor conservados da arquitetura religiosa barroca.

De planta longitudinal, formada por nave e capela-mor retangulares e, também com o mesmo tipo de planta, a sacristia que está adossada à capela-mor. A fachada de cantaria aparelhada rematada com cornijas e empena em aletas, sobrepujado por torre sineira quadrangular.

É formada por três panos, divididos por pilastras, que se prolongam até aos cunhais da torre. O pano central é rasgado pelo portal central em arco abatido, com pilastras sustentando a cornija encimada por pináculos e frontão curvo interrompido, com nicho ao centro.

O interior apresenta um coro-alto sustentado por um arco abatido, um arco triunfal pleno, com pinturas murais sobre o arco e nas paredes laterais, na entrada para a capela-mor. No tecto da igreja, em abóbada de berço, apresenta uma pintura da cena da Anunciação. Na capela-mor apresenta um riquíssimo retábulo-mor em talha dourada com colunas salomónicas. A capela-mor é revestida com 24 caixotões pintados, respeitantes aos mistérios do rosário.

Este templo religioso está classificado como Imóvel de Interesse Público.

Coordenadas GPS: N 41 39.137' W 007 07.596'  (41.65228, -7.12660)
Torre de Dona Chama, publicado em por

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Recentes