A Casa da Botica é um edifício setecentista, construído em 1720 com o propósito de albergar a família de Paulo Silva, o responsável desta edificação.

Origem

Casa da Botica

No centro da Vila, exatamente no largo Antunes Lima, confrontando com a nacional que liga Braga a Ponte de Lima, situa-se a casa da Botica que, contrariamente ao normal, é apelidada de um nome muito pouco praticado, por vezes desconhecido.

Edifício setecentista, foi construído em 1720 com o propósito de albergar a família de Paulo Silva, o responsável desta edificação. Anos mais tarde, numa parte deste mesmo solar, deu-se a abertura da primeira farmácia em Portugal com acesso ao público. Botica, assim conhecida na altura, permaneceu com a passagem dos séculos, sendo ainda conhecida com esse nome.

Nos séculos seguintes o solar entrou em progressiva degradação até que, na última década do século XX, sofreu uma reconstrução, permitindo que ali fosse albergados diversos serviços. Manteve-se entretanto uma farmácia, a fachada principal e o muro ameado com o portal, da construção inicial.

Descrição

Casa da Botica

Desenvolvida transversalmente, de dois pisos, a fachada principal mostra o portal em verga reta ladeada por cunhais de pilastras. Tem, no lado esquerdo, uma pequena escadaria para acesso ao piso superior, com uma pequena cobertura.

No lado direito, o portal ameado é sobrepujado de uma cimalha onde assenta o frontão, sendo este rematado por uma cruz.

Classificação

A Casa da Botica está classificada como Imóvel de Interesse Público.

Localização

Coordenadas GPS: N 41 35.861' W 008 27.946'  (41.59768, -8.46577)

Referências

Temas / Tags

Vila de Prado, publicado em por

 


Os Mais Próximos

Pelourinho de Prado
Pelourinho de Prado
Vila de Prado, Vila Verde
(167 m E)
Capela de Nossa Senhora do Bom Sucesso
Capela de Nossa Senhora do Bom Sucesso
Vila de Prado, Vila Verde
(185 m N)
Ponte de Prado
Ponte de Prado
Vila de Prado, Vila Verde
(319 m SE)
Fonte de Santo António
Fonte de Santo António
Vila de Prado, Vila Verde
(607 m NW)
Antigos Paços do Concelho
Antigos Paços do Concelho
Vila de Prado, Vila Verde
(629 m NW)

Solares

Palácio dos Pimentéis
Palácio dos Pimentéis
Castelo Branco, Mogadouro
Solar dos Ordazes
Solar dos Ordazes
Miranda do Douro
Solar dos Zagallos
Solar dos Zagallos
Charneca da Caparica, Almada

Século XVIII

Igreja de São Pedro
Igreja de São Pedro
Abaças, Vila Real
Igreja Matriz de São Martinho do Porto
Igreja Matriz de São Martinho do Porto
São Martinho do Porto, Alcobaça
Casa-Museu Egas Moniz
Casa-Museu Egas Moniz
Avanca, Estarreja
Museu do Vidro
Museu do Vidro
Marinha Grande

Os Mais Vistos

Lapa de Santa Margarida
Lapa de Santa Margarida
Azeitão, Setúbal
Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho
Igreja de S. Simão
Igreja de S. Simão
Azeitão, Setúbal
Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Igreja Matriz

Igreja Matriz de Arrifana
A Igreja Matriz, a Albergaria
Arrifana, Vila Nova de Poiares
Antiga Igreja Matriz
Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar
Capela da Senhora da Soledade
Capela da Senhora da Soledade
Olhão da Restauração, Olhão
Capela de Nossa Senhora da Saúde de Fetais
Capela de Nossa Senhora da Saúde de Fetais
Santo Quintino, Sobral de Monte Agraço

Imóvel de Interesse Público

Jardins e Parques Verdes

Monumento Nacional

Anta da Agualva
Anta da Agualva
Agualva-Cacém, Sintra
Anta da Barrosa
Anta da Barrosa
Vila Praia de Âncora, Caminha
Anta de Santa Marta
Anta de Santa Marta
Santa Marta, Penafiel
Anta do Tapadão
Anta do Tapadão
Aldeia da Mata, Crato

Nossa Senhora da Conceição

O Românico na Europa e em Portugal

Antigos Paços do Concelho
Antigos Paços do Concelho
Castelo Novo, Fundão
Capela das Almas
Capela das Almas
Viana do Castelo
Capela de Fandinhães
Capela de Fandinhães
Paços de Gaiolo, Marco de Canaveses

Palácios

Pontes Medievais

Ponte Centenária
Ponte Centenária
Arcos de Valdevez
Ponte Medieval
Ponte Medieval
Gafanha da Nazaré, Ílhavo
Ponte Medieval
Ponte Medieval
Cabreiro, Arcos de Valdevez

Século XVII