Igreja Matriz de Santa Maria de Veade
Fachada frontal
Igreja Matriz de Santa Maria de Veade - porta
Porta
principal
Igreja Matriz de Santa Maria de Veade - lateral
Lateral esquerda

Mais uma igreja pertencente à Rota do Românico nas terras do Basto. A Igreja de Santa Maria de Veade corresponde ao final do século XII e início do século XIII. Também como outras igrejas pertencentes a esta época, com maiores ou menores vestígios, vai perdendo ao longo dos tempos a sua traça original.

Igreja Matriz de Santa Maria de Veade - porta
Porta lateral
Igreja Matriz de Santa Maria de Veade - lateral
Lateral direita
Igreja Matriz de Santa Maria de Veade - porta
Porta lateral

Pode dizer-se que esta conserva significativos trechos de arquitectura românica que nos remetem para um edifício de grande aparato durante essa época. Apesar do seu caráter rural, estes elementos não deixam, contudo, de constituir um dos melhores trabalhos dos nossos artífices do românico.

A origem está num pequeno eremitério fundado em propriedade particular que, no século XIII, se vinculou à estirpe dos Guedeões. Pode-se ver numa inscrição gravada num silhar de granito, posicionada no lado esquerdo do portal principal.

De planta longitudinal, é composta por nave única e capela-mor retangulares e dois corpos retangulares adossados lateralmente, correspondendo ao salão paroquial e à sacristia. A fachada principal é truncada pela torre sineira, rasgada por portal ladeado superiormente por janelas jazentes.

Os portais laterais com arquivoltas plenas, simples ou decoradas, estruturadas por dois pares de colunelos com bases decoradas, fustes de secção circular e facetados e capitéis com decoração fitomórfica, correspondem às da nave românica.

Faz parte da Rota do Românico, no percurso do Vale do Tâmega, com o número 56.

Coordenadas GPS: N 41 24.880' W 007 58.695'  (41.41467, -7.97825)

Temas / Tags

Veade, publicado em por