Uma cidade como a de Braga, que merece o melhor, tem no elevador do Bom Jesus do Monte um dos seus ex-libris. Na altura da finalização era o único existente na Península Ibérica, e atualmente o único do género a funcionar numa escala mundial.

Construção

Ascensor do Bom Jesus
Entrada Inferior
Ascensor do Bom Jesus
Entrada Inferior
Ascensor do Bom Jesus
Entrada Superior

Uma cidade como a de Braga, que merece o melhor, tem no elevador do Bom Jesus do Monte um dos seus ex-libris. Na altura da finalização era o único existente na Península Ibérica, e atualmente o único do género a funcionar numa escala mundial.

A sua construção deve-se a um empresário bracarense do século XIX, de seu nome Manuel Joaquim Gomes. O projeto é da autoria de dois nomes consagrados da engenharia na altura, Nikolaus Riggenbach e Raul Mesnier. A finalização e consequentemente a inauguração deu-se no ano de 1882.

Entretanto com a expropriação em 1914 da Companhia de Carris e Elevador do Bom Jesus, a Autarquia passou a ser responsável pelos transportes públicos na cidade.

Descrição

Situado no Monte do Bom Jesus, o funicular acompanha paralelamente a escadaria do Santuário do Bom Jesus pelo monte acima. Tem uma inclinação de 42% e de mais de 100 metros de desnível, num percurso de 274 metros.

Ascensor do Bom Jesus
Cabine do elevador
Ascensor do Bom Jesus
Cabine do elevador
Ascensor do Bom Jesus
Cabine do elevador

Cada uma destas interessantes cabines, que faz o percurso num sobe ou desce durante três minutos, tem uma capacidade para quarenta pessoas mais o condutor/cobrador, sendo trinta e dois lugares sentados e os restantes em pé.

Funcionamento

Ascensor do Bom Jesus
Ascensor do Bom Jesus
Cabines em contrapeso
Ascensor do Bom Jesus
Ascensor do Bom Jesus
Carris e Cabo

O funicular é composto por duas cabines que se movem sobre carris e que estão ligadas entre si por um cabo de aço. Estas cabines sobem e descem, alternadamente e em simultâneo, em vias paralelas.

Ascensor do Bom Jesus
Ascensor do Bom Jesus
Processo do contrapeso da Água

As cabines têm um depósito de água que se enche no plano superior e esvazia no inferior. A quantidade de água é em função dos passageiros existentes.

No momento da partida o condutor da cabine inferior informa o da superior por um sinal sonoro a quantidade de passageiros nessa cabine. Então, o condutor da cabine superior vai encher o depósito com uma quantidade de água de acordo com o sinal que recebeu do inferior e de acordo com o número de passageiros nessa cabine.

O peso da água em conjunto com o peso dos passageiros faz então descer esta cabine e subir a oposta. Cada cabine tem ainda um travão para fazer regular o andamento e para abrandar e parar antes de atingir os batentes no final do percurso.

Estas cabines não têm motor e são abertas, sem portas nem janelas. Assim, o único som que se ouve em todo o percurso é o do rolamento das rodas da cabine nos carris e o som das aves ou do vento nas árvores dispostas ao longo do percurso, eventualmente com o som das conversas dos passageiros.

Classificação

Esta pérola da cidade de Braga está classificada como Imóvel de Interesse Público

Localização

Coordenadas GPS: N 41 33.279' W 008 22.856'  (41.55465, -8.38093)

Temas / Tags

Tenões, publicado em por

 


Os Mais Próximos


Santuário do Bom Jesus do Monte
Tenões, Braga
(287 m E)

Igreja de Santa Eulália
Tenões, Braga
(539 m NW)

Capela de Nossa Senhora da Consolação
Nogueiró, Braga
(680 m SW)

Castro do Monte da Consolação
Nogueiró, Braga
(682 m SW)

Santuário do Sameiro
Espinho, Braga
(2 km SE)

Ascensores ou Elevadores

Imóvel de Interesse Público


Espigueiros
Soajo, Arcos de Valdevez

Castelo do Rei Wamba
Vila Velha de Ródão

Castelo de Barbacena
Barbacena, Elvas

Século XIX


Palácio do Conselheiro Branco
Maiorca, Figueira da Foz

Jardim D. Luis
Misericórdia, Lisboa

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Portinho da Arrábida, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Estilo Barroco

Estilo Neoclássico


Alminhas da Ponte
São Nicolau, Porto

Antigo Clube Inglês
Miragaia, Porto

Balneário Termal
Caldas da Rainha

Basílica da Estrela
Estrela, Lisboa

Fontes


Alminhas
Sabuzedo, Montalegre

Casa da Água
Cabo Espichel, Sesimbra

Chafariz D. João V
Alpedrinha, Fundão

Jardins e Parques Verdes

Marcos Miliários


Geira
Campo do Gerês, Terras de Bouro

Marco Miliário
Reigoso, Montalegre

Marco Miliário
Viade de Baixo, Montalegre

Marco Miliário XII
Oliveira de Azeméis

Marco Miliário ou Cruzeiro de S. João do Campo
Campo do Gerês, Terras de Bouro

Nossa Senhora da Soledade


Capela da Senhora da Soledade
Olhão da Restauração, Olhão

Praias Fluviais


A Lapa dos Dinheiros
Lapa dos Dinheiros, Seia

Albufeira do Azibo
Macedo de Cavaleiros

Areinho de Avintes
Avintes, Vila Nova de Gaia

Forjães, praia da Morena
Forjães, Esposende

Rota do Românico


Capela de Fandinhães
Paços de Gaiolo, Marco de Canaveses

Castelo de Arnóia
Arnóia, Celorico de Basto

Sepulturas


Alto do Senhor da Boa Morte
Povos, Vila Franca de Xira

Arcas Tumulares
Cete, Paredes

Estação arqueológica
Alcalar, Portimão

Igreja de Santa Maria
Verim, Póvoa de Lanhoso

Século XV