Atualmente, a igreja é o que resta do Convento de Nossa Senhora da Penha de França. Localizada na Avenida Central, ao lado da Casa Rolão, este templo religioso está datado da segunda metade do século XVII, sendo a reforma do início do século XVIII.

Situação

Igreja do Antigo Convento da Penha de França
Fachada da Igreja

Atualmente, a igreja é o que resta do Convento de Nossa Senhora da Penha de França.

Localizada na Avenida Central, ao lado da Casa Rolão, este templo religioso está datado da segunda metade do século XVII, sendo a reforma do início do século XVIII.

Construção e Adaptação

Era conhecida inicialmente, pela qual foi edificada, como Recolhimento de Nossa Senhora da Penha de França. Aconteceu em 1650 quando um casal local Pedro Aguiar e a sua mulher Maria Vieira doaram avultados bens para a construção de uma casa de recolhimento para as mulheres beatas. Foi depois alargado em 1652 para sete beatas capuchas, donzelas ou viúvas, que se regiam pela Terceira Regra de São Francisco.

Assim, em 1719, o então Arcebispo de Braga, D. Rodrigo Moura Teles, acabou por transformar a casa de recolhimento em convento, sob a égide da Regra da Nossa Senhora da Conceição. A igreja também sofreu uma campanha de obras de reforma durante a primeira metade do século XVIII. Passado um século, as Ordens Religiosas foram extintas e a parte conventual foi cedida para albergar o Asilo de Infância, restando apenas o templo religioso.

Estrutura

Desenvolve-se numa planta transversal e por isso orientada a norte, formada por uma nave, capela-mor e sacristia. São visíveis estas três divisões do exterior, uma vez que a fachada está delimitada por cunhais de pilastras coroadas por pináculos piramidais e rematadas por pequenas esferas.

Os rasgos são formados pelo portal principal e duas janelas, de moldura reta.

O portal é ladeado por pilastras toscanas e encimado por um entablamento com as armas do Arcebispo de Braga. Por cima está uma edícula envidraçada com a imagem da Nossa Senhora da Penha ladeada por aletas e encimada por um frontão triangular. Este conjunto é ladeado por pináculos piramidais com bola, como remate do portal principal.

Os rasgos seguintes correspondem à capela-mor, formada por duas janelas seguindo a simetria das janelas da nave. Por fim, os rasgos da sacristia são formadas por duas janelas paralelas na sobreposição, com indicação de que a inferior tivesse correspondido a uma porta.

Localização

Coordenadas GPS: N 41 33.087' W 008 25.150'  (41.55145, -8.41917)

Referências

Temas / Tags

Braga, publicado em por

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar


Os Mais Próximos

Conventos e Mosteiros


Convento de Santos-o-Novo
Penha de França, Lisboa

Mosteiro de Leça do Balio
Leça do Balio, Matosinhos

Convento dos Franciscanos
São Pedro do Sul

Convento dos Capuchos
Caparica e Trafaria, Almada

Nossa Senhora da Penha de França

Século XVII


Chafariz Filipino
Torre de Moncorvo

Capela do Senhor da Pedra
Miramar, Vila Nova de Gaia

Santuário do Bom Despacho
Cervães, Vila Verde

Cruzeiro de Trofa do Vouga
Trofa do Vouga, Águeda

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Portinho da Arrábida, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Igreja Matriz


A Igreja Matriz, a Albergaria
Arrifana, Vila Nova de Poiares

Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar

Capela da Senhora da Soledade
Olhão da Restauração, Olhão

Capela de Nossa Senhora da Saúde de Fetais
Santo Quintino, Sobral de Monte Agraço

Imóvel de Interesse Público

Marcos Miliários


Geira
Campo do Gerês, Terras de Bouro

Marco Miliário
Reigoso, Montalegre

Marco Miliário
Viade de Baixo, Montalegre

Marco Miliário XII
Oliveira de Azeméis

Marco Miliário ou Cruzeiro de S. João do Campo
Campo do Gerês, Terras de Bouro

Museus e Galerias de Exposição

Portas da Cidade ou do Castelo


Santo António

Solares


Alto do Senhor da Boa Morte
Povos, Vila Franca de Xira

Casa Senhorial
Bornes, Macedo de Cavaleiros

Casa Solarenga
Beco, Ferreira do Zêzere

Século XVI

Torre de Menagem ou de Vigia