A ponte de Barcelos, que atravessa o rio Cávado e une as margens entre Barcelinhos e Barcelos, construída no século XIV, torna-se num dos monumentos mais influentes da cidade da altura e da baixa medieval.

Construção

Ponte de Barcelos

A ponte deve em parte a sua construção à Capela Santa Maria da Ponte e aos peregrinos de Santiago de Compostela, pois a capela servia-lhes de apoio.

A ponte teve a sua construção no século XIV, mais concretamente em 1328, pois é desse ano a instituição da Capela de Santa Maria da Ponte que decorreu durante o período de D. Pedro, filho de D. Dinis.

Esta ponte medieval, contrariamente a outras da época, foi concebida de maneira a que permitisse vencer as alturas das difíceis margens do Cávado. Foi feita de maneira a que, no tabuleiro, fosse adotado um perfil completamente horizontal, devendo-se também por isso a uma longa e prolongada travessia.

Este novo sistema permitiu uma melhor afluência à então Vila de Barcelos de pessoas, mercadorias e comércio, dado que esta se encontrava no principal eixo da rota entre o Douro e Minho. Nesta orientação a ponte conferiu uma importância à localidade e consequentemente uma maior intensidade de tráfego.

Obras

Ponte de Barcelos

Houve necessidade, nos séculos posteriores, de campanhas de obras de consolidação e de beneficiação.

As mais importantes realizaram-se nos séculos XVII e XIX, sendo que as primeiras obras permitiram um alargamento e regularização do tabuleiro. Nas segundas obras deu-se o alargamento da zona transitável e a retirada das ameias, elementos quatrocentistas que se mostravam ao longo das guardas.

Descrição

A ponte é formada por cinco arcos de volta perfeita, sendo os dois centrais um pouco mais elevados que os restantes. Os arcos centrais são complementados por talha-mares triangulares a montante e quadrados a jusante.

O tabuleiro é reto com cem metros de comprimento e quinze metros de largura.

Classificação

Está classificada como Monumento Nacional desde 1910.

Localização

Coordenadas GPS: N 41 31.652' W 008 37.339'  (41.52753, -8.62232)

Referências

 

Temas / Tags

Barcelos, publicado em por

 


Os Mais Próximos


Capela de Nossa Senhora da Ponte
Barcelinhos, Barcelos
(82 m S)

Pelourinho de Barcelos
Barcelos
(84 m N)

Igreja Matriz de Barcelos
Barcelos
(113 m N)

Solar dos Pinheiros
Barcelos
(131 m NW)

Monumento Nacional


Pelourinho de Bertiandos
Bertiandos, Ponte de Lima

Real Fábrica de Gelo
Lamas e Cercal, Cadaval

Igreja de Santo Aleixo
Santo Aleixo da Restauração, Moura

Pontes Medievais


Ponte Românica do Arco
Folhada, Marco de Canaveses

Ponte Medieval
Cabreiro, Arcos de Valdevez

Ponte Romana de Pedreira
Cerdal, Valença

Ponte Românica Medieval
Vilar Maior, Sabugal

Século XIV

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Azeitão, Setúbal

Igreja de S. Simão
Azeitão, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Estilo Barroco

Estilo Manuelino

Estilo Renascentista

Faróis


Farol da Barra
Gafanha da Nazaré, Ílhavo

Farol da Ponta do Pargo
Ponta do Pargo, Calheta (Concelho - Madeira)

Fontes


Alminhas
Sabuzedo, Montalegre

Casa da Água
Cabo Espichel, Sesimbra

Chafariz D. João V
Alpedrinha, Fundão

Igreja Matriz


A Igreja Matriz, a Albergaria
Arrifana, Vila Nova de Poiares

Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar

Capela da Senhora da Soledade
Olhão da Restauração, Olhão

Capela de Nossa Senhora da Saúde de Fetais
Santo Quintino, Sobral de Monte Agraço

O Românico na Europa e em Portugal


Antigos Paços do Concelho
Castelo Novo, Fundão

Capela das Almas
Viana do Castelo

Capela de Fandinhães
Paços de Gaiolo, Marco de Canaveses

Ruínas Romanas


Balneário Termal Romano
Longroiva, Mêda

Cidade Romana Ammaia
São Salvador da Aramenha, Marvão

Cidade Romana de Tongóbriga
Freixo, Marco de Canaveses

São Tiago


Capela de São Tiago
Barbeita, Monção

Capela de São Tiago de Francelos
Vila de Prado, Vila Verde

Cruzeiro de Santiago
Alcoentre, Azambuja

Cruzeiro em granito
Arnoso, Vila Nova de Famalicão