Dedicada a Santa Maria, a Igreja de Santa Maria Maior de Barcelos está atribuída entre dois estilos, remontando ao tempo de transição entre o românico e o gótico, tendo em conta panos construtivos e decorativos.

Origem

Igreja de Santa Maria Maior

A Igreja está situada no centro histórico de Barcelos, tendo em seu redor o Palácio dos Pinheiros, o Paço dos Duques e o Pelourinho.

A ideia de um templo românico é acompanhada com a história da Vila, em que o foral remonta ao tempo de D. Afonso Henriques e é sede de concelho desde D. Dinis. Já existia um templo no lugar do atual e, na verdade, o que resta é um aspeto geral tipicamente românico.

Igreja de Santa Maria Maior
Igreja de Santa Maria Maior
Igreja de Santa Maria Maior

Por outro lado o gótico assenta em fundamentos bastantes fortes, com a remodelação feita por D. Pedro no século XIV, pois a reconstrução deve-se a este monarca, seguindo alguns exemplos do gótico mendicante de Santarém.

Os sintomas deste estilo chegam as naves, das quais a do norte é mais larga que a do sul, ou os capitéis que transcendem um estilo do século XIV. Ainda como sinais, temos o portal principal com o seu corpo avançado e ladeado por dois contrafortes poderosos e capitéis das arquivoltas predominantemente vegetalistas.

Igreja de Santa Maria Maior
Igreja de Santa Maria Maior
Igreja de Santa Maria Maior

Nos séculos seguintes a igreja viria a sofrer uma profunda remodelação no século XV, e nos três seguintes teria enriquecimentos, com capelas, retábulos, a torre sineira, a rosácea, azulejos, e outros.

Descrição

Orientada longitudinalmente, a igreja é formada por nave e capela-mor.

A fachada principal em empena triangular é formada por um portal delimitado por dois contrafortes, de remate em ogiva e com o mesmo sentido é composto por arquivoltas assentes em colunelos de fuste liso e capitéis ornamentadas. É encimado por uma rosácea com molduras de círculos concêntricos e aberta em pedra.

À direita está anexada a torre sineira, formada por cinco janelas em arco de volta perfeita.

Classificação

A Igreja Matriz, e todo o conjunto que a rodeia, está classificada como Monumento Nacional desde 1927.

Localização

A Igreja Matriz de Barcelos está situada na zona histórica da cidade, a poucos metros da Ponte Medieval e do Rio Cávado.

Coordenadas GPS: N 41 31.713' W 008 37.344'  (41.52855, -8.62240)

Referências

Barcelos, publicado em por

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Os Mais Próximos

Estilo Gótico

Igreja Matriz

Monumento Nacional


Igreja Velha de Canas de Santa Maria
Canas de Santa Maria, Tondela

Castelo de Castelo Mendo
Castelo Mendo, Almeida

Pelourinho da Aldeia Galega
Aldeia Galega da Merceana, Alenquer

O Românico na Europa e em Portugal

Santa Maria

Século XIII

Os Mais Vistos

Castelos


Arco, Torre do Relógio, Arcada
São João da Pesqueira

Castelo
Castelo de Vide

Conventos e Mosteiros


Estilo Barroco

Fontes


Alminhas
Sabuzedo, Montalegre

Chafariz D. João V
Alpedrinha, Fundão

Pelourinhos


Pelourinho
Castelo Bom, Almeida

Pelourinho
Castelo Mendo, Almeida

Pelourinho
Terena, Alandroal

Rios


A ponte sobre o Tejo
Vila Velha de Ródão

Cais fluvial da Senhora da Ribeira
Seixo de Ansiães, Carrazeda de Ansiães

Capela de Santa Teresinha
Pomarão, Mértola

Santo Estêvão


Capela de Santa Estevão de Arrifana
Arrifana, Santa Maria da Feira

Capela de Santo Estêvão
Brunhido, Águeda

Castelo de Santo Estevão
Santo Estêvão, Chaves

Igreja Matriz de Santo Estêvão
Santo Estêvão, Tavira

Senhor Jesus


Alto do Senhor da Boa Morte
Povos, Vila Franca de Xira

Basílica da Estrela
Estrela, Lisboa

Bom Jesus das Mós
Carvalheira, Terras de Bouro

Século XVIII

Torre Sineira


A nossa Igreja
Freches, Trancoso

Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar

Antiga Matriz de Alcoentre
Alcoentre, Azambuja

Recentes